fbpx
Home Energia Solar Telhados verdes aumentam desempenho do sistema fotovoltaico em 8%

Telhados verdes aumentam desempenho do sistema fotovoltaico em 8%

por Alessandra Neris
Tempo de leitura: 5 Minutos

Você sabia que os telhados verdes aumentam o desempenho do sistema fotovoltaico em 8%? Sim! Esse tipo de telhado aliado à tecnologia fotovoltaica pode colaborar para projeto de construções mais sustentáveis, reduzindo a emissão de gases poluentes, de efeito estufa. E evidências mostraram que as duas tecnologias garantem um excelente resultado.

> Leia – Arquitetura e energia solar: como executar o projeto ideal

Telhados verdes aumentam desempenho do sistema fotovoltaico

O principal obstáculo para a eficiência de painéis solares instalados em telhados ou coberturas é o excesso de calor. Isso porque as temperaturas elevadas do telhado em volta dos módulos, aumentam a condutividade do cristal semicondutor. E isso atrapalha a separação de cargas, o que reduz a voltagem das células solares.

Então, o excesso de aquecimento pode diminuir a produtividade dos painéis solares em até 25%, com uma taxa de -0,45% para cada grau Celsius. Além disso, o acúmulo de poeira sobre as fotocélulas bloqueia uma parte da luz solar incidente, o que reduz o output final.

Por essas razões, ao dividir o telhado de um edifício com uma cobertura verde, o arranjo entre resfriamento e sombreamento da superfície é benéfico. Assim, ele impacta positivamente a funcionalidade e a efetividade das duas tecnologias e os telhados verdes aumentam desempenho do sistema fotovoltaico.

> Leia também: Painel Solar no telhado: tudo o que você precisa saber

Experimentos demonstrativos

Alguns experimentos realizados por pesquisadores do departamento de engenharia da Universidade de Hong Kong já demonstraram resultados positivos dessa integração, na qual os telhados verdes aumentam desempenho do sistema fotovoltaico.

Assim, as placas solares reduziram a temperatura no interior do substrato do telhado verde e na superfície da vegetação por meio de seu sombreamento. Dessa forma, proporcionaram um desenvolvimento melhor das plantas, além de uma menor evaporação de umidade (estresse hídrico).

Ao mesmo tempo, o resfriamento favorecido pelo telhado verde esclarece o porquê do aumento de 8,3% na produção de energia elétrica. Isso se compararmos à instalação de painéis fotovoltaicos em uma cobertura seca.

Telhados verdes aumentam desempenho do sistema fotovoltaico: outro estudo

A Universidade Wilhelm Büchner e a empresa fotovoltaica alemã Polarstern realizaram um estudo na mesma linha. Assim, declaram que a potência de saída dos sistemas fotovoltaicos pode aumentar em até 8% ao serem instalados em um telhado verde.

O motivo é o efeito de resfriamento por evaporação e transpiração das plantas, além de sua capacidade de absorver poeira. Associado a essas funções, há o reflexo da luz solar pela folhagem, o que constituem os principais fatores de melhora de desempenho do sistema fotovoltaico.

Desempenho aumentado

Dessa forma, a influência das plantas faz com que os telhados verdes mantenham a temperatura ambiente mais baixa que os telhados convencionais. O resultado é uma temperatura de operação dos sistemas fotovoltaicos também mais baixa.

Então, segundo o estudo, a potência de saída dos painéis solares pode melhorar 4,35%, em média. Assim, de acordo com a região e a tecnologia usada, os telhados verdes aumentam desempenho do sistema fotovoltaico em 8%.

Retenção de poeira

Além do resfriamento, as plantas podem atuar como um filtro de ar, retendo a poeira lavada dos painéis. Conforme as estimativas da Polarstern, um telhado verde pode absorver em torno de dois quilos de poeira fina a cada metro quadrado ao ano.

Assim, a quantidade retida também depende do tamanho das áreas cobertas por plantas e de sua resistência ao pó. Vale dizer que as perdas de rendimento de energia em função da poeira em sistemas instalados nas áreas urbanas são estimadas em até 30%.

Reflexo da luz pelas plantas

De acordo com a empresa alemã, o reflexo da luz solar pelas plantas também aumenta o desempenho dos painéis solares. Isso ocorre porque eles podem usar uma quantidade maior de luz do espectro solar. Então, a reflexão difusa resulta em maior radiação de luz fraca, o que leva a rendimentos melhores, principalmente em módulos de filme fino.

Ao citar outros estudos de campo, a Polarstern afirma que um telhado verde é capaz de aumentar a irradiação em até 32%. Isso se comparar com um telhado de cascalho.

A vegetação deve ser rasteira

No entanto, embora seja fácil de realizar, essa integração deve se restringir a telhados verdes com vegetação rasteira para evitar sombreamento nos módulos. Assim, eles devem ser montados em cima do telhado verde, mantendo base de inclinação fixa nas bandejas plásticas de drenagem do sistema verde.

Com isso, evita-se a perfuração da impermeabilização e da laje e as bandejas travadas na base dos módulos são preenchidas com substrato para ancoragem. Normalmente, usa-se perfis na base das bandejas para distribuir melhor as cargas e proteger dos ventos.

> Leia também: Painéis em áreas sombreadas? A gente te conta como resolver!

Integração mais que benéfica

Assim, fica claro que as duas tecnologias, juntas, só trazem benefícios e telhados verdes aumentam desempenho do sistema fotovoltaico em 8%. Sistemas fotovoltaicos e telhados verdes podem ser usados ao mesmo tempo proporcionando vantagens mútuas e isoladamente. Percebemos que, além de aumentar a potência dos sistemas solares, os telhados verdes garantem mais biodiversidade.

Além disso, seus custos adicionais são recuperados pela produção extra do sistema fotovoltaico e paga-se em alguns anos depois de instalados. Essa combinação inovadora constitui um telhado verde fotovoltaico com energia positiva para preservação e geração de energia elétrica em todos os tipos de edificações.

> Saiba mais:  Casa com Energia Positiva muito além do Feng Shui 

Exemplo de sustentabilidade na Aldo Solar

A sede da Aldo solar é totalmente sustentável. Só para se ter uma ideia, o local conta com mais de 900 placas de energia solar fotovoltaica. Assim, além de gerarem energia limpa e renovável, produzem um espetáculo maravilhoso ao refletirem os raios solares.

A empresa também conta com um reservatório que faz a captação e armazenamento da água da chuva. Também conhecido como cisterna, é um equipamento economicamente sustentável e seguro utilizado para o reaproveitamento da água.

Redução do consumo de água

É considerada uma das melhores e mais eficazes opções em relação à redução no consumo de água, podendo ser instalada em empresas, apartamentos, condomínios e casas. Com ela, é possível economizar até 50% do valor da conta de água.

A Aldo conta com duas cisternas, cada uma com capacidade de 20.000 litros de água, totalizando 40.000 litros de água para reuso. O funcionamento das cisternas ocorre da seguinte maneira: a água da chuva passa pelas calhas e é levada a um filtro, que elimina os galhos, folhas e demais resíduos seguindo para dentro do reservatório.

Armazenamento de água das chuvas

Nele, há um freio d’água que impede que a entrada de água agite o seu conteúdo. Quando a cisterna está cheia, o excesso de água é automaticamente descartado por meio de um cifão ligado diretamente na tubulação de água pluvial do sistema.

Já para captar o conteúdo do interior da cisterna, há um auxílio de uma bomba e conjunto de sucção. Assim, a água é levada da caixa para as torneiras externa espalhadas pelo pátio, totalizando mais de 15 pontos de água de reuso. A água é utilizada para regar o jardim e lavagem do pátio da empresa.

Vale a pena ressaltar que a água da chuva não pode ser considerada potável, pois pode conter partículas de poeira, fuligem, sulfato, nitrato, entre outras impurezas. Dessa forma, a água da chuva não é considerada própria para consumo humano.

A força que vem do sol

Por fim, conheça mais sobre energia solar e comece agora mesmo a traçar o seu plano de ação para aderir a essa fonte renovável. Por isso, acesse o site da Aldo Solar e confira os produtos.

Caso prefira, entre em contato com nossa equipe de vendas. Se for consumidor final, acesse a CALCULADORA ALDO SOLAR, faça uma simulação do produto e agende uma visita técnica que um revendedor da Aldo irá atendê-lo.

Telhados verdes: seja um revendedor Aldo Solar

> Saiba mais: Como se tornar uma revenda Aldo Solar!

Notícias relacionadas