fbpx
Início » Em 12 anos Brasil gera 26 GW de energia solar e investimentos chegam a R$ 130,7 bi

Em 12 anos Brasil gera 26 GW de energia solar e investimentos chegam a R$ 130,7 bi

por Alessandra Neris
Publicado Última atualização em

Você sabia que o Brasil gerou 26 GW de energia solar em 12 anos? A ABSOLAR, recentemente divulgou um levantamento apontando alguns dados interessantes. Os investimentos feitos em sistemas fotovoltaicos chegaram a cerca de R$ 130,7 bilhões. No total, aproximadamente R$ 39,2 milhões foram arrecadados e destinados aos cofres públicos.

De acordo com a entidade, o Brasil, hoje, conta com cerca de 2,3 milhões de geradores fotovoltaicos  instalados em fachadas, telhados e pequenos terrenos. É a geração distribuída que avança rapidamente em solo brasileiro.

> Leia mais: Em 2024, aumento na conta de luz deverá atingir uma média acima da inflação

Mais uma marca de destaque é a produção de energia solar que superou os 26 GW de potência instalada em usos diversos. São os sistemas de comércios, residências, indústrias, prédios públicos e propriedades rurais do país. 

É a geração distribuída que avança rapidamente em solo brasileiro, contribuindo para a marca demais de 26 GW de energia solar gerados. E assim, o Brasil ultrapassa 3,3 milhões de unidades consumidoras adeptas da tecnologia fotovoltaica, renovável e sustentável.

Mais de 26 GW de energia solar gerados e muito potencial pela frente

26 GW de energia solar

O Brasil já gerou cerca de 26 GW de energia solar, mas ainda conta com 92,4 milhões de unidades consumidoras de eletricidade atreladas ao mercado cativo. Isso significa um imenso espaço de crescimento da energia solar pela frente.

Um dos motivos para o fomento do avanço da fonte solar fotovoltaica é a perspectiva de redução de gastos com a conta de luz. Outro motivo é a difusão da pauta ambiental nas empresas.

Até 2031, segundo uma projeção feita pela consultoria Volt Robotics, a economia líquida na tarifa de energia deverá superar os R$ 84,9 bilhões. Isso graças aos sistemas solares da GD, instalados em pequenos terrenos e em telhados.

Esses dados foram disponibilizados pela ABSOLAR. Mas, foram divulgados um dia antes do anúncio da ANEEL sobre o aumento da conta de luz em 2024, em 5,6%. Trata-se de uma alta acima da inflação, que foi projetada para o período, em 3,87%.

Em 2023 a Volts Robotics concluiu um estudo demonstrando os benefícios líquidos da geração distribuída. Eles são equiparados a um valor médio de R$ 403,9 por MW/h na estrutura do sistema elétrico brasileiro, diante de uma conta residencial média de R$ 729 por MW/h. Esses dados foram divulgados pela ANEEL no ano passado.

De acordo com a ABSOLAR, o estudo tinha o objetivo de calcular os custos e os benefícios da microgeração e da minigeração distribuída. Isso, em atenção ao artigo 17 da Lei nº 14.300/22, que estabeleceu o marco legal do segmento fotovoltaico.

> Leia mais: Em 2026 o Brasil terá 95 porcento da matriz elétrica renovável

Quais são os estados que mais produzem energia solar

26 GW de energia solar

Com de 26 GW de energia solar gerados em 12 anos, confira os estados brasileiros que estão liderando o ranking de geração distribuída, em ordem decrescente:

Estado                        Potência gerada           Participação

                                      (MW)                               (em%)

São Paulo                    3.313,0                                    13,6

Minas Gerais              3.291,4                                    13,5

Rio Grande do Sul      2.591,4                                   10,3

Paraná                        2.345,3                                      9,6

Mato Grosso              1.435,3                                      5,9

Invista de forma inteligente com energia solar 

26 GW de energia solar

A demanda por energia elétrica tem se mostrado cada dia maior. Por isso, a preocupação com o abastecimento energético futuro já preocupa muita gente, inclusive, empresários. Estes buscam alternativas sustentáveis e renováveis para atender às necessidades dos negócios.

Além do mais, o acesso à energia solar se torna cada dia mais acessível em razão dos avanços tecnológicos e da redução dos custos para instalação de um gerador de energia solarMas, ainda temos muitos desafios pela frente, como falta de infraestrutura ideal para armazenar energia já produzida. Além desse, será preciso garantir linhas de transmissão para distribuição de forma mais eficiente.

Mesmo assim, tanto o consumidor comum, quanto as micro e as pequenas empresas têm muito a ganhar com a energia solar.

Fonte solar já é a segunda maior do país

26 GW de energia solar

De acordo com a ABSOLAR, avançar com a fonte solar no Brasil é fundamental para acelerar nosso desenvolvimento econômico, social e ambiental. Dessa forma, a tecnologia envolvida auxilia na diversificação da matriz elétrica do País e reduz a pressão sobre os recursos hídricos naturais.

Aumenta, ainda, a segurança do suprimento de eletricidade e minimiza os aumentos de preço na tarifa de energia. Além disso, a expansão da fonte solar fortalece a sustentabilidade, a competitividade dos setores produtivos e favorece a transição energética.

Ainda, de acordo com a entidade, as usinas solares de grande porte têm capacidade de geração de energia a valores até dez vezes menores que as termelétricas fósseis. Isso também é válido para a energia importada de países vizinhos. Com sua agilidade e versatilidade, grandes usinas se tornam operacionais em menos de 18 meses. Enquanto isso, a geração distribuída só precisa de 24 horas para funcionar.

> Leia mais: Energia solar pode reduzir a conta de luz em 5,6% até 2031

Você sabia que o mercado oferece linhas de financiamento específicas para a adesão às energias renováveis? Alguns exemplos de instituições são o Santander e a Sol Agoraque oferece financiamento inteligente e totalmente digital.

painel bifacial 565W da JA Solar

Acompanhe também todas as novidades da Aldo em outros canais como Twitter, FacebookLinkedIn e Instagram. Fique ligado também em nosso canal no Youtube!

Notícias relacionadas

Leave feedback about this

  • Rating