Início » Maringá é a melhor cidade para se morar no Brasil

Maringá é a melhor cidade para se morar no Brasil

por Alessandra Neris
Tempo de leitura: 5 Minutos

Como ocorre em tantas cidades médias, Maringá vem sofrendo os impactos da pandemia, mas, apesar disso, cidades que investiram em sustentabilidade e educação conseguiram avançar no ranking que mede os desafios da gestão municipal. E Maringá pode ser considerada a melhor cidade para se morar no Brasil.

Fatores para definição da melhor cidade para se morar

Sabemos que, para quem está começando a formação de uma família, a prioridade é proporcionar uma boa vida aos filhos. Assim, um estudo feito pela Delta Economics & Finance para a Revista Exame desenvolveu um ranking com as melhores cidades para criar filhos no Brasil.

Os fatores que influenciam a realização do objetivo das famílias são variados e o estudo analisou alguns dos mais importantes. Sendo assim, considerou o custo de vida, o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) Municipal e a taxa de violência de cada cidade.

Além desses fatores, o estudo considerou outras 48 variáveis sobre as condições que cada cidade pode oferecer às crianças e aos adolescentes. O foco é educação, segurança pública, cultura, infraestrutura de saúde e longevidade.

Maringá em destaque

No Estado do Paraná, a cidade que apresentou o melhor resultado foi Maringá, que é conhecida pela sua limpeza e extensa arborização. A cidade foi construída de acordo com o projeto urbanístico de Jorge Macedo de Vieira com intuito de fazer dela uma cidade jardim. Além disso, a cidade conta o maior festival de música do sul do país (FEMUCIC) e uma das mais prestigiadas universidades, a Universidade Estadual de Maringá.

Empreendimentos de Maringá

Maringá abriga 430 mil habitantes. Mas nem a crise econômica de 2020, em razão da pandemia, conseguiu adiar as obras de um dos maiores empreendimentos imobiliários da cidade. Enquanto boa parte do país sentia os efeitos do desemprego, muitos operários continuavam a trabalhar intensamente na construção de um novo loteamento no município. Trata-se do Eurogarden, próximo à região central, uma construção que caminha a todo o vapor e constitui um retrato da cidade.

O local contará com abastecimento de energia solar, reuso de água e reciclagem de lixo. E assim, a revitalização de mais de 20 mil metros quadrados de área verde já começou. Destacamos que o projeto foi criado por um empresário local, Jefferson Nogaroli, fundador da Companhia Sul-americana de Distribuição. É uma rede de supermercados que faturou 3 bilhões de reais em 2020 e emprega cerca de 3.000 pessoas na região de Maringá.

Criação de empregos

Desde junho, enquanto boa parte do país sofria com a suspensão da atividade econômica, o município vem registrando altas mensais consecutivas na criação de empregos. Assim, a cidade ingressou em 2021 com quase 900 novos postos de trabalho. Da mesma forma, o salário médio, de cerca de 3.000 reais, também continuou estável. As pessoas da cidade prezam pela qualidade de vida e há boa oferta de empregos.

Gestão Municipal

Esses resultados positivos são alcançados também em outras áreas centrais da gestão municipal. Eles colocaram Maringá na liderança do ranking Índice de Desafios da Gestão Municipal, da consultoria Macroplan, que avalia as 100 maiores cidades brasileiras. Juntas, elas concentram quase 83 milhões de habitantes, que equivalem a 40% da população brasileira, e 53,3% dos empregos formais. Salientamos, então, que este é o quinto levantamento da Macroplan, levando em conta 15 indicadores de educação, saúde, segurança e saneamento básico.

Maringá em 1º lugar como melhor cidade para se morar

Essa não é a primeira vez que a cidade ocupa a primeira posição no ranking. Maringá já foi campeã por duas edições consecutivas, em 2017 e 2018.  Então, na última década, Maringá melhorou sua posição em saneamento e sustentabilidade, saltando do 7º lugar para o 3º lugar entre 2009 e 2019. Assim, nos últimos cinco anos, direcionamos cerca de 50 milhões de reais para melhorias no sistema de água e esgoto, atendendo, hoje, 100% da população.

Os munícipios precisam praticar proatividade para criar políticas públicas de sustentabilidade. Essas práticas são cada vez mais valorizadas pelas empresas e os cidadãos, e estarão bem à frente das outras já em curto e médio prazo. A pandemia acelerou certas facilidades como o home office e cada vez mais gente está procurando cidades com boa qualidade de vida para morar.

Planejamento urbano bem-sucedido

Maringá foi fundada em 1947 e é uma das poucas cidades planejadas do país. A cidade conta com uma reserva de Mata Atlântica dentro da área urbana e um dos mais altos IDHs (Índice de Desenvolvimento Humano) do país. Além disso, detém o índice de 26 metros quadrados de área verde por habitante, que é um dos maiores do país. E mais: cerca de 94% da população é atendida por serviços da coleta de resíduos sólidos e o acesso ao saneamento básico é universal.

“O tema da sustentabilidade vem ganhando força e passou a ser um aspecto importante para os investimentos”. Foi o que declarou Adriana Fontes, economista sênior da Macroplan e coordenadora do estudo sobre qualidade de vida e gestão municipal.

Contas em dia

Com as contas pagas, Maringá consegue separar 20% de seu orçamento para investir nas áreas prioritárias, assim, os resultados tornam-se visíveis. Um deles é a inauguração de um hospital especializado no atendimento a crianças, que deve acontecer neste ano.

Além disso, atualmente, contamos com cerca de três leitos de UTI para 10 mil habitantes, quase 50% a mais do que a média nacional. “O aprimoramento dos indicadores de saúde deixou a cidade em uma posição mais confortável na pandemia”, diz o prefeito, Ulisses Maia (PSD), reeleito em 2020. Os desafios, no entanto, são inúmeros.

Empreendimentos inovadores

As cidades que se preparam para proporcionar o melhor aos moradores tendem a progredir rapidamente e se tornarem a melhor cidade para se morar. E uma das ferramentas primordiais é a tecnologia, como as que são usadas em fontes de energia renovável, como a solar, e os carros elétricos.

Nesse segmento, temos a Aldo Solar, a terceira maior empresa de Maringá, de acordo com a Revista Amanhã. A empresa tem conquistado um espaço relevante nesse mercado e a constatação disso são suas premiações:

Além disso, a Aldo é um dos maiores distribuidores mundiais (fora da China) da GrowattJinko SolarTrinaBYD, entre outras grandes marcas.

Cidade Promissora

Assim, Maringá é uma dessas cidades promissoras e já pode ser vista como a melhor cidade para se morar no Brasil. O bom desempenho de vários indicadores socioeconômicos ajuda a tornar o município atraente para que vem morar aqui.

E você, já está se integrando a essas novas perspectivas de um futuro mais sustentável, sem poluição e com muito progresso? Então, continue antenado na inovadora tecnologia usada para gerar energia solar!

Compartilhe:
0 comentários

Notícias relacionadas