Início » Saiba tudo sobre o painel solar monocristalino

Saiba tudo sobre o painel solar monocristalino

por Aldo Componentes Eletrônicos
painel monocristalino

Você sabe o que é o painel de energia solar monocristalino? Conhecer mais a fundo essa tecnologia pode ajudar seu negócio a desenvolver projetos ainda mais modernos e alinhados às necessidades dos seus clientes, como veremos adiante.

A eficiência de um sistema de geração de energia solar fotovoltaica, em grande medida, está relacionada a qualidade e robustez dos equipamentos utilizados na composição do projeto. Itens como os painéis, por exemplo, fazem toda a diferença na capacidade de geração de energia, atendendo de maneira ainda mais precisa as necessidades do usuário em termos de custos e produtividade.

Nesse sentido, é fundamental que as empresas e profissionais que lidam com a instalação e prestação de serviços no segmento de energia solar sejam conhecedores das principais tecnologias relacionadas aos sistemas.

Por isso, pensando em ajudar, preparamos este artigo para esclarecer os principais pontos sobre o painel solar monocristalino. Continue a leitura e confira!

Quais os tipos de painéis existentes?

Quando o assunto é painel solar fotovoltaico, três são os principais modelos empregados nos projetos: os painéis monocristalinos, os policristalinos e os de filme fino. Cada uma dessas tecnologias tem suas características próprias, bem como possui um nível de eficiência energética e custos distintos quando comparados entre si. Vejamos!

Painel solar monocristalino

Como o próprio nome indica, esse tipo de painel é composto por células monocristalinas de silício, um material de alto grau de pureza e que apresenta uma maior capacidade de geração de energia em relação ao seu tamanho.

O painel monocristalino se diferencia do policristalino, pois enquanto este contém várias células mescladas para se tornar um bloco único, aquele utiliza um cristal de silício único, fixo e perfeito. Dessa forma, por ser uma célula pura, o painel mono apresenta mais benefícios, a começar pela sua durabilidade.

A garantia de um painel monocristalino é 20% maior quando comparado ao modelo policristalino. Além disso, alguns dos grandes diferenciais dessa tecnologia são a sua eficiência — o painel poli é 25% menos eficiente que o mono — e sua menor degradação ao longo dos anos, já que a tecnologia monocristalina garante uma eficiência de 80% durante 30 anos.

Painel solar policristalino

Apesar de também ser composto de silício, no modelo policristalino existem blocos em que múltiplos cristais de silício são fundidos para formar uma peça — diferentemente do que ocorre com o painel mono, que é formado por um cristal único.

Essa característica do painel policristalino torna a sua fabricação mais barata. Porém, é preciso lembrar que a sua eficiência energética, como visto, é menor do que a do modelo monocristalino.

Na prática, isso significa que um projeto baseado em painéis policristalinos acaba por exigir uma área mais extensa, além de serem necessárias mais peças para entregar a mesma potência de painéis mono.

Painel de filme fino

Esse modelo de painel solar é composto por uma fina camada de material fotovoltaico colocado sobre uma superfície rígida, geralmente vidro. Esse é um equipamento bastante leve, que apresenta grande portabilidade, além de poder ser produzido com uma diversidade de compostos, como é o caso do silício amorfo (a-Si) e o telureto de cádmio (CdTe).

Outro ponto característico dos painéis de filme fino é o seu custo. Em geral, são mais baratos do que os painéis cristalinos, uma vez que utilizam aproximadamente 100 vezes menos material fotovoltaico na sua produção.

Contudo, a sua eficiência energética é bastante limitada quando comparada aos modelos tradicionais. Assim, é necessário cobrir grandes áreas de instalação para se conseguir um rendimento energético satisfatório, o que nem sempre é viável, a depender da necessidade.

Como funciona a tecnologia em painéis monocristalinos?

Feito a base de um cristal de silício puro, hoje esse é o painel comercial com maior eficiência. Por se tratar de uma peça única e de alto grau de pureza, o painel monocristalino apresenta uma grande capacidade de receber radiação e, em razão disso, a sua eficiência energética fica entre 15% e 22%, índice superior quando comparado ao modelo de silício policristalino.

Como vimos, tanto as placas monos quanto as policristalinas são produzidas a partir do silício. O que muda entre uma e outra é o método utilizado na fundição dos cristais. No caso do policristalino, os cristais de silício são fundidos em um bloco, com a preservação de múltiplos cristais. Por sua vez, o painel monocristalino apresenta uma estrutura contínua, sem bordas, formada por cristais inteiriços e que cobrem toda a superfície do painel.

Por que investir em um painel solar monocristalino?

Há diversos pontos que comprovam que, atualmente, investir na formulação de projetos a base de painéis monocristalinos é mais vantajoso do que quando comparado a outros tipos de tecnologia.

Vale mencionar que os custos dessas tecnologias hoje são bastante próximos. Contudo, realizando uma projeção no longo prazo, a diferença de custo fica mais evidente e torna a adoção do modelo mono muito mais vantajosa.

No Brasil, para se realizar uma instalação de energia solar residencial, é necessária uma estrutura para módulos fotovoltaicos sobre o telhado, o que é relativamente caro. Assim, quando se utiliza painéis monocristalinos, há uma redução de custo de aproximadamente 20% em relação ao tamanho dessa estrutura, já que essa tecnologia produz mais energia em uma extensão menor.

Ao longo dos trinta anos — tempo de vida útil estimado de um painel —, ficam cada vez mais evidentes as vantagens de ser utilizar o modelo monocristalino. No entanto, apesar disso, nem sempre essa conta a longo prazo é feita pelo brasileiro: 90% dos consumidores se preocupam mais com o custo atual do projeto, isto é, o quanto será necessário desembolsar agora, sem levar em consideração as vantagens ao longo dos anos.

Nesse ponto, então, se percebe a importância de contar com o apoio de profissionais especializados e empresas com experiência no assunto, para que o consumidor final possa ser mais bem orientado durante a formulação do projeto, incluindo-se as melhores tecnologias e a correta manutenção para manter o sistema fotovoltaico sempre em ordem.

Como a Aldo Solar pode ajudar o seu negócio?

Com experiência no mercado de energia solar e um vasto histórico de fornecimento de equipamentos e serviços nesse segmento, a Aldo Solar oferece às empresas e profissionais do ramo uma completa linha de equipamentos para a formulação de projetos robustos, eficientes e modernos.

Trabalhando em parceria com as maiores marcas do mercado, dentre elas, com as fabricantes de painéis solares monocristalinos das marcas Jinko Solar e Trina Solar, a Aldo entrega uma grande variedade de itens e serviços, dando a você total segurança e facilidade na hora de atender às demandas dos seus clientes de maneira ágil e econômica.

Então, gostou deste artigo? Tem interesse em adotar o painel solar monocristalino nas instalações de seus clientes?  A Aldo Solar pode ajudar você. Entre em contato conosco e saiba mais!

 

Painel solar na Aldo Solar

Compartilhe:
2 comente

Notícias relacionadas

2 comente

ADEMIR 18 de fevereiro de 2020 - 10:30

BOM DIA, PRECISO DE UM ORCAMENTO DE TODOS EQUIPAMENTOS PARA MONTAGEM DE PAINEL FOTOVOLTAICO, QUE PRODUZA APROXIMADAMENTE 1500KW MES. OBRIGADO.

Redação Aldo Solar 20 de fevereiro de 2020 - 18:22

Boa tarde Ademir, a Aldo é uma distribuidora só vendemos para pessoa jurídica. Para fazer o cadastro na Aldo é necessário que a empresa se enquadre em um dos seguimentos a seguir: revenda/comercialização, industrialização, instalação e/ou prestação de serviços dos produtos que comercializamos. Caso se enquadre você pode fazer o cadastro no link: https://www.aldo.com.br/cadastro

Para mais informações por favor entre em contato com nossa equipe comercial no 44 3261 2000

Deixe um comentário