fbpx
Início » Afinal, a queda no preço dos painéis fotovoltaicos significa oportunidade ou armadilha?

Afinal, a queda no preço dos painéis fotovoltaicos significa oportunidade ou armadilha?

por Alessandra Neris
Publicado Última atualização em

Você já parou para analisar se, de fato, a queda no preço dos painéis fotovoltaicos representa uma oportunidade ou uma armadilha? Muitos ficaram sabendo e acompanharam a queda no preço dos painéis fotovoltaicos ocorrida no ano passado. E, de acordo com o relatório da Bloomberg (Q4), a nível global, foi o menor preço histórico registrado no setor.

Oportunidade ou armadilha? Vamos refletir um pouco sobre isso

queda no preço dos painéis fotovoltaico

Essa impressionante queda no preço dos painéis fotovoltaicos é, evidentemente, uma oportunidade única para quem deseja investir em um sistema. No entanto, é importante atentar para uma questão que pode causar um forte impacto no mercado fotovoltaico. Os competidores do setor são capazes de usar todas as armas possíveis para forçar a saída de concorrentes do mercado. E fazem isso, ainda que sua própria estrutura sofra impactos em curto prazo.

> Leia mais: Aldo Solar assume a liderança em vendas de micro inversores no Brasil

Assim, apesar de impactar a demanda, a maioria dos fabricantes de módulos fotovoltaicos continua sua produção sem parar. E isso, tende a forçar a queda no preço dos painéis fotovoltaicos, o que leva muitas empresas a trabalharem com uma margem de lucro zerada ou negativa.

E, conforme o relatório Bloomberg, os grandes fabricantes suportam esse nível de produção consumindo o caixa adquirido em anos anteriores. Mas, nesse ritmo, é provável que algumas dessas empresas não aguentem e cedam, saindo do mercado de módulos fotovoltaicos. Com isso, a retomada dos preços pode ser iniciada.

Queda no preço dos painéis fotovoltaicos – impacto financeiro dos fabricantes

queda no preço dos painéis fotovoltaico

O impacto financeiro dos fabricantes, conforme divulgação da Bloomberg, já não é mais uma hipótese e sim, um fato. Isso é perceptível, em geral, em razão da redução na nota dos fabricantes de painéis, conforme divulgação do relatório Altman-Z. Tal relatório avalia a liquidez, o lucro e o risco de falência das empresas, entre outras coisas.

O mais impressionante no relatório Altman-Z, disponibilizado pela Bloomberg, é o rápido impacto financeiro que afeta essas empresas. Isso em um espaço de cerca de meses.

Ultimamente, discutimos LCOE (Custo Nivelado de Energia) com base em garantias de material/performance. E, diversas empresas consideram somente o preço, sem levar em conta o valor intrínseco do produto, da certificação e até da estrutura dos fabricantes de painéis.

Diante desse dilema, é interessante refletir sobre como ficará a garantia dos fabricantes que sairão do mercado. Será que o painel adquirido por você será incluído nessa situação?

O bom e velho bordão: “o barato sai caro” pode sim, alertar os incautos sobre uma armadilha. Em se tratando de um equipamento fotovoltaico, com todos os cuidados que se deve ter para comprar um, vale recomendar aos integradores que sempre procurem por uma empresa consolidada no mercado, como a Aldo Solar. 

> Quais aspectos considerar para escolher um módulo fotovoltaico de qualidade?

Por que escolher a Aldo para os seus projetos?

A Aldo Solar conta com um time de vendedores treinados para esclarecer todas as dúvidas e orientar os clientes sobre os pontos controversos. 

Além disso, a empresa fornece os equipamentos necessários para a montagem do gerador fotovoltaico. Isso significa que a distribuidora comercializa os geradores de energia solar de acordo com os hábitos de consumo de cada um e dos equipamentos avulsos.

Outro fator importante e que demonstra a preocupação da Aldo Solar com a confiabilidade são suas parcerias. A empresa trabalha com os principais fabricantes do mercado, com classificação Triplo A da PV Tech, tais como: Growatt, Jinko Solar e JA Solar, entre outros.

Por isso, não adianta escolher um distribuidor considerando apenas o preço, sem a certeza de que a empresa escolhida se manterá no mercado dentro de 20 anos, quando o módulo ainda estiver na garantia. O equipamento pode apresentar um problema. Com a garantia, poderá ser trocado.

> Leia mais: Entenda os benefícios da geração distribuída solar no Brasil

Assim, o atendimento diferenciado e personalizado tem muita relação com a expertise da distribuidora de energia solar. A Aldo conta com mais de 40 anos de experiência em distribuição de soluções, oferecendo sempre as melhores opções em tecnologia e com sustentabilidade.

Com o know-how acumulado desde sua inauguração em 1982, a Aldo entrou no mercado de energia solar em 2015. Desde então, tem contribuído enormemente com a missão de propagar a adesão à energia solar, se tornando a maior empresa de soluções fotovoltaicas do país. Trabalhamos com fornecedores seguros, idôneos e você, integrador, poderá sempre contar com a Aldo nos próximos 40 anos.

Conte com a gente e comece o seu projeto fotovoltaico agora mesmo! 

Você sabia que o mercado oferece linhas de financiamento específicas para a adesão às energias renováveis? Alguns exemplos de instituições são o Santander e a Sol Agoraque oferece financiamento inteligente e totalmente digital.

queda no preço dos painéis fotovoltaicos

Acompanhe também todas as novidades da Aldo em outros canais como Twitter, FacebookLinkedIn e Instagram. Fique ligado também em nosso canal no Youtube!

Notícias relacionadas

Leave feedback about this

  • Rating