fbpx
Início » Em 2024 a tecnologia N-Type deve dominar o setor solar

Em 2024 a tecnologia N-Type deve dominar o setor solar

por Alessandra Neris
Publicado Última atualização em

Na semana passada, a Solarbe Global divulgou quais foram as empresas de painéis fotovoltaicos que mais se destacaram em 2023. E, para 2024, espera-se uma tendência de expansão da tecnologia N-Type. Vale dizer que a Solarbe Global é um dos grandes institutos de pesquisa e de insights sobre a cadeia produtiva fotovoltaica.

Há pouco tempo, foi divulgado um ranking contendo os principais fornecedores. No entanto, os dados contemplavam apenas as informações referentes ao terceiro trimestre de 2023.

Preparem seus projetos! No fim de fevereiro chegam à Aldo os novos painéis da Jinko Solar nas potências 580W e 585W. E você pode ser o primeiro da lista de pré-venda. Fale com nosso time de vendedores!

De acordo com os dados mais recentes, no ano passado, os maiores fabricantes foram: Trina Solar, Jinko Solar, JA Solar e LONGI. Em conjunto, essas empresas encaminharam mais de 270 GW, obtendo uma participação de 52% no mercado global.

> Leia mais: Tiger Neo N-Type 575W: o mais eficiente entre os painéis d família Tiger Neo

Expansão da tecnologia N-Type – empresas com participação superior a 75%

tecnologia N-Type

As nove marcas mais importantes somam um total de mais de 400 GW em embarques. Com isso, garantem uma participação de mercado acima de 75%, com mais de 60% dos produtos de tecnologia N-Type. Dessa forma, a fabricante conquistou a liderança do setor nessa categoria.

Segundo a Solarbe, a JA Solar e a Trina Solar empreenderam esforços para ampliar a produção de células da tecnologia N-Type. Já, a LONGI, está aproveitando para explorar a evolução das células back contact (BC), que pretende ampliar a eficiência dos módulos fotovoltaicos.

Enquanto isso, o destaque para fabricantes emergentes ficou para Astronergy e TW Solar, que definiram metas ousadas. O intuito, então, é enviar mais de 50 GW de painéis neste ano, ultrapassando até mesmo a Canadian Solar, cuja meta está entre 42 e 47 GW. Em 2024, portanto, a disputa pelas posições 5 a 7 deverá ser competitiva.

Quanto às empresas que se classificaram entre a 10ª e a 15ª e entre a 17ª e a 23ª colocação a concorrência foi atroz. Houve o reconhecimento da relevância de cada uma das encomendas que determinaram suas posições de mercado em 2024. Já a Suntech, a Seraphim e a DAH Solar informaram pretensões de explorar mercados internacionais em 2024.

Quanto ao mercado chinês doméstico, as empresas intermediárias constantes da lista, estão ofertando preços baixos, competindo pelos pedidos ativamente. A partir do terceiro trimestre de 2023, algumas empresas desta faixa diminuíram as metas de envio e as taxas de produção. Isso foi realizado de maneira proativa, privilegiando pedidos rentáveis.

Tecnologia N-Type deverá dominar o setor solar em 2024

tecnologia N-Type

Os painéis da tecnologia N-Type cresceram incrivelmente em 2023. E, pelo menos, sete fabricantes esclareceram que mais de 50% de suas vendas se devem a essa tecnologia. Os relatórios indicam, então, que mais de 15 empresas definiram metas claras para este ano. As remessas de módulos da tecnologia N-Type, assim, compõem mais de 60% do total.

Sabemos que há uma forte tendência de queda dos preços e dos riscos potenciais de excesso de oferta na cadeia de abastecimento. Ainda assim, segundo a Solarbe, diversas empresas estão comprometidas com suas capacidades de produção de itens com a tecnologia N-Type.

> Entenda o que é eficiência de um painel solar

Entre os nove principais fabricantes, cinco desejam alcançar uma quota da tecnologia N-Type acima de 70%. E, três empresas, este ano, têm planos de chegar a 100%. Isso denota a confiança depositada nas tendências tecnológicas da indústria solar fotovoltaica.

Confira, a seguir, quais são os planos traçados pelas empresas para os módulos de tecnologia N-Type:

Suntech: pretende alcançar uma participação de 70% nas remessas de módulos da tecnologia N-Type em 2024, com 16,5 GW de capacidade de produção de células. Trata-se de um avanço considerável;

Solargiga Energy: planeja atualizar e modernizar significativamente as linhas de produção de 2024. O objetivo é atender às demandas do mercado para garantir uma participação de 60% de painéis com a tecnologia N-Type;

ZNShine Solar: tem planos de definir uma nova capacidade de produção de células TOPCon de tecnologia N-Type de 10 GW em 2024. A fabricante pretende ter uma participação entre 80 e 90% com esta tecnologia;

DAH Solar: conseguiu uma eficiência de conversão média, liderando o setor com mais de 26,4% em células TOPCon. Sua meta é ter 100% de participação nas vendas de módulos de tecnologia N-Type, com uma capacidade combinada de 22,5 GW em quatro bases principais;

Huasun Energy: em 2023, foi a única empresa a conseguir uma participação de 100% de painéis de tecnologia N-Type. E, sua liderança na tecnologia HJT permanece, com uma meta de envio ampliada para este ano. Além disso, mantém um compromisso firme de participar com a tecnologia N-Type em 100%;

WINHITECH: em 2024, prevê uma expansão gradativa da demanda por módulos HJT de alta eficiência. Tem planos de ampliar a produção, atingindo uma participação de painéis de tecnologia N-Type de aproximadamente dois terços do total das remessas;

QN-Solar: foi classificada como pioneira na produção da tecnologia TOPCon. A empresa visa acrescentar 36 GW de capacidade de células da tecnologia N-Type em 2024, com remessas de módulos desta tecnologia em 80%.

> Leia mais: Módulos N-Type TopCon apresentam aumento de 5% no rendimento energético

Você sabia que o mercado oferece linhas de financiamento específicas para a adesão às energias renováveis? Alguns exemplos de instituições são o Santander e a Sol Agoraque oferece financiamento inteligente e totalmente digital.

tecnologia N-Type

Acompanhe também todas as novidades da Aldo em outros canais como Twitter, FacebookLinkedIn e Instagram. Fique ligado também em nosso canal no Youtube!

Notícias relacionadas

Leave feedback about this

  • Rating