fbpx
Home Energia Solar Conta de luz alta? Vale a pena instalar energia solar em casa!

Conta de luz alta? Vale a pena instalar energia solar em casa!

por Alessandra Neris
Publicado Última atualização em
Tempo de leitura: 5 Minutos

O aumento constante da conta de luz tem levado os brasileiros a considerarem que vale a pena instalar energia solar em casa! E muita gente já tem procurado alternativas para tentar reduzir o impacto negativo da conta de energia no orçamento familiar.

Por isso, uma das estratégias muito bem-vindas é instalar um sistema solar fotovoltaico para produzir sua própria energia. Mas, apesar de ser uma excelente ideia, é preciso analisar todas as possibilidades e calcular os custos e benefícios calmamente. Contudo, o retorno é muito atrativo e vantajoso.

Economia e mudanças: vale a pena instalar energia solar!

Com a escassez de água nos reservatórios de hidrelétricas e o aumento da inflação e da luz, a busca por alternativas de economia com gastos de energia ganhou impulso. E, nesse momento, nada melhor do que recorrer às fontes renováveis, como a solar. Por isso, vale a pena instalar energia solar!

No entanto, ao mesmo tempo, é possível reforçar a economia introduzindo novos hábitos, como desligar aparelhos que não estão sendo usados. Outra medida bastante adotada é trocar lâmpadas antigas por modelos mais econômicos.

Além disso, muitas famílias estão optando por um sistema solar, influenciados pelas mudanças climáticas que resultaram em aumentos dos custos pelas concessionárias de energia.

Viabilidade por meio de financiamentos

Algumas oportunidades facilitam a vida dos novos adeptos e ajudam a impulsionar esse mercado. Podemos citar um exemplo de financiamento em 42 meses, cujo pagamento das parcelas é equivalente ao valor já gasto mensalmente na conta de energia. Isso significa que o orçamento familiar não muda, ou seja, não é necessário desembolsar nenhum dinheiro antecipadamente.

Além disso, o processo de contratação pode ser feito digitalmente, pela internet, facilitando ainda mais a aquisição. Dessa forma, todas as informações e os dados são disponibilizados em um aplicativo com acesso via smartphone.

Aldo Solar e Santander Financiamento

Vale a pena instalar energia solar em casa!

É comum usarmos estratégias de economia doméstica para amenizar os gastos, como a troca de lâmpadas incandescentes por LED. No entanto, ao adquirir novos equipamentos eletrônicos, a demanda por eletricidade sempre aumenta. Mesmo assim, a presença de um sistema fotovoltaico pode garantir sobras na capacidade de geração de energia no final de cada mês. E essa condição deixa os moradores mais tranquilos quanto ao uso de energia, na quantidade que for preciso.

> Retrofit de iluminação e energia solar: sucesso na eficiência energética

Com isso, não é necessário se preocupar com o desempenho das placas solares na hora de adquirir um aparelho de ar-condicionado, por exemplo. Sem falar no tempo de duração dos módulos solares, estimado em 30 anos, aproximadamente.

Assim, em alguns anos, o consumidor consegue quitar seu financiamento e pode passar a ter um dinheiro extra para o orçamento doméstico. Isso, enquanto paga a taxa mínima de energia, referente a imposto e a iluminação pública.

Dimensionamento para cada perfil de consumidor

Cada família apresenta um perfil de consumidor, com demandas diferentes quanto ao tipo e horas de uso de equipamentos elétricos. Por isso, é necessário dimensionar o sistema para cada realidade, sendo o valor médio para os residenciais em torno de R$ 13 mil. E pode ser financiado por intermédio de fintechs ou bancos tradicionais, com taxas de juros competitivas ou mesmo sem juros no cartão de crédito.

Custos e simulações possíveis

Primeira simulação

Podemos pensar em uma simulação de custos para uma casa cujo custo médio mensal de energia está em torno de R$ 500,00. Nesse caso, portanto, é indicado aplicar 12 painéis solares, com um custo de 72 parcelas no valor de R$ 644,00.

Assim, considerando um gasto mensal de R$ 500,00 ao longo de 30 anos, a família desembolsaria R$ 180 mil ao longo desse período. Com a adesão a um sistema fotovoltaico, o custo final de R$ 46 mil poderia ser quitado em apenas 6 anos.

Segunda simulação

Consideramos agora, uma outra simulação para um imóvel que consome R$ 322,00 mensais e um projeto calculado em R$ 16,5 mil à vista. Com um financiamento orçado em 48 mensalidades de R$ 426.49, totalizaria R$ 20,4 mil. Levando em conta o custo mantido a R$ 322,00, essa família desembolsaria cerca de R$ 115,9 mil durante os 30 anos seguintes.

Isso nos revela que, durante quatro anos, essa residência pagaria cerca de R$ 100,00 a mais que a conta usual. Mas, quitaria os custos e continuaria a usar energia solar por mais 26 anos. Assim, o custo anual de energia passaria de R$ 3.857,00 para R$ 192,85, considerando que os gastos obrigatórios não são isentos. Estamos falando da taxa de iluminação pública e os impostos.

Faça uma simulação agora mesmo e agende uma visita técnica acessando nossa Calculadora Aldo Solar Clique aqui >

Mais uma consideração

Vamos imaginar o preço médio da instalação de oito painéis a R$ 22.159,78 em moradias cujo gasto mensal é de R$ 300,00. Dessa forma, o pagamento varia de 84 parcelas de R$ 539,24 a 12 vezes de R$ 2.071,46 com taxas de juros de 0,75% a.m. e 0,98 a.m.

Em edificações comerciais, por exemplo, imagine um custo mensal de energia em torno de R$ 6 mil. Com as placas solares, esse custo passa a ser de R$ 90,00 por mês, com um investimento de R$ 360 mil. Isso significa que em cinco anos, aproximadamente, essa empresa gastaria esse mesmo valor.

> Saiba mais: Quer economizar energia na empresa? Confira essas 6 dicas!

Vale a pena instalar energia solar: o que considerar

A princípio, qualquer local exposto à luz solar no solo ou no telhado pode receber a instalação de um sistema fotovoltaico. Todavia, quem reside em um condomínio, pode não contar com um espaço suficiente para atender a todos os moradores. Ainda assim, é possível reduzir os gastos em comum de todos os residentes como rede de segurança, elevadores e iluminação.

> Leia: Painel Solar no telhado: tudo o que você precisa saber

Além de um lugar ao sol, a instalação deve obedecer a alguns requisitos técnicos que podem exigir algumas mudanças. Entre elas, é possível haver a necessidade de uma troca de interruptores e de fiação. No entanto, esse cálculo ainda é pequeno se levarmos em conta todos os benefícios de um projeto de energia solar.

Vale a pena instalar energia solar

Outro requisito importante é pensar na aquisição de placas solares capazes de produzir mais energia que o normalmente consumido. Essa recomendação é pertinente tendo em vista o uso crescente de mais aparelhos eletrônicos com o passar do tempo.

Por fim, as inovações nas formas de pagamento proporcionam a possibilidade de pagar à vista, financiar e usar o cartão de crédito sem acréscimo de juros.

A força que vem do sol

Por fim, conheça mais sobre energia solar e comece agora mesmo a traçar o seu plano de ação para aderir a essa fonte renovável. Por isso, acesse o site da Aldo Solar e confira os produtos.

Caso prefira, entre em contato com nossa equipe de vendas. Se for consumidor final, acesse a CALCULADORA ALDO SOLAR, faça uma simulação do produto e agende uma visita técnica que um revendedor da Aldo irá atendê-lo.

Calculadora Aldo Solar - vale a pena instalar energia solar

> Leia também: Como se tornar uma revenda Aldo Solar!

Notícias relacionadas

Leave feedback about this

  • Rating