fbpx
Início » Até 2026 a solar fotovoltaica flutuante pode chegar a 4,8 GW

Até 2026 a solar fotovoltaica flutuante pode chegar a 4,8 GW

por Alessandra Neris
Publicado Última atualização em

Você já ouviu falar em energia “flotovoltaica”? Trata-se da energia solar fotovoltaica flutuante, que promete chegar a 4,8 GW até 2026, segundo a Global Industry Analysts (GIA).

As instalações de energia solar fotovoltaica flutuante têm a vantagem de eliminar os custos extras de arrendamento ou compras de terras enquanto liberam espaço para outras atividades.

Além disso, de acordo com o Global Industry Analysts – GIA, geralmente, os corpos d’água são propriedade pública, o que facilita a aquisição de licenças. Assim, uma usina flutuante de 1 MW, normalmente, cobre de 17 a 25 acres de água e tem capacidade para gerar 1.500 MWh de energia elétrica.

> Leia mais: Energia solar nas hidrelétricas: aumento de 17% na geração de energia

Energia solar fotovoltaica flutuante: adequação a áreas com restrição de terra

Os projetos de usinas flutuantes não chegam a atingir o mesmo grau de potência que as instalações feitas no solo. No entanto, eles são indicados para locais com restrições de terra.

Assim, esses sistemas de solar fotovoltaica flutuante podem conceder benefícios ambientais. Entre eles, o de gerenciar o crescimento de algas e reduzir a evaporação. Em contrapartida, a água oferece benefícios ao sistema, resfriando os painéis, podendo reduzir a degradação e reduzir os custos de manutenção, de acordo com o relatório.

Vantagens da usina solar fotovoltaica flutuante

A operação do painel se torna mais fria

Essa vantagem aumenta a eficiência durante a geração de energia. Assim, ao elevar o sistema para cima da água, ocorre uma refrigeração natural.

Maior facilidade de limpeza

Nesses sistemas a facilidade da limpeza dos módulos aumenta. Sabemos que, para uma instalação em solo, é necessário mobilizar grandes quantidades de água até o local e limpar os módulos. Dessa maneira, ao usar a água, muito se perde pela infiltração no solo.

Nas usinas flutuantes, as placas solares sujam muito menos e o prazo entre cada limpeza se estende mais. Além disso, quando é preciso fazer a limpeza a água está ao alcance, no mesmo local e, depois de usada, retorna ao reservatório.

> Saiba qual o preço e os custos de instalação de Painel Solar

A evaporação da água do reservatório é reduzida

Ao instalar uma usina flutuante em um reservatório de água, grande parte da evaporação pode ser evitada. Em alguns casos, ocorre uma grande perda de água, como na transposição do Rio São Francisco.

Pelo fato de a calha ser pouco profunda e muito larga, a quantidade de perda de água por evaporação é muito significativa. Então, se houver uma cobertura dessa superfície, com um sistema solar flutuante, a economia na evaporação chega a 75%.

Proteção contra incêndios e queimadas

As usinas flutuantes podem ficar mais protegidas de incêndios, especialmente de queimadas. Colaboram, também, para o uso de recursos naturais não escassos e disponíveis. Ao deixar de usar uma área de terra para instalar usinas solares, sua aplicação pode ser reservada à agricultura, por exemplo.

Mercado mundial de energia solar fotovoltaica flutuante

O mercado atual responde por cerca de 1,6 GW no mundo todo. O GIA, então, prevê que esse crescimento tende a atingir uma taxa anual composta (CAGR) de 33,7% até 2026 e atingir 4,8 GW.

Dessa forma, é esperado que a região da Ásia-Pacífico detenha a maior participação de mercado, com cerca de 60%. E a China é o mercado que mais expande, com uma CAGR de 59,4%. No entanto, o custo de instalação da energia solar fotovoltaica flutuante é bem mais alto que o dos painéis solares fixos. E, segundo o GIA, esse é o principal empecilho para seu crescimento.

> O mercado solar é o novo rei dos mercados de energia

Corpos d’água artificiais

O GIA relatou, ainda, que os Estados Unidos já têm mais de 24.000 corpos d’água artificiais. Assim, eles devem servir para auxiliar no desenvolvimento da energia solar fotovoltaica flutuante.

Esse tipo de corpo d’água é o preferido, tendo em vista sua capacidade de gerenciamento. Então, a maioria deles se localiza próxima a estradas e infraestrutura já existentes.

Solar fotovoltaica flutuante nas hidrelétricas: hibridização

A regulamentação da hibridização das fontes de energia disponíveis pode ser muito proveitosa para o Brasil. Isso consiste no uso de variados tipos de geração de energia em um único sistema.

A Michigan State University, recentemente publicou um estudo resultante de análise feita no caso específico do Brasil. Tal estudo demonstrou que associar as hidrelétricas à geração solar fotovoltaica flutuante pode aumentar em mais de 17,3% a capacidade de geração de energia.

Capacidade das hidrelétricas da Região Norte

Hoje, na região Norte do Brasil, as hidrelétricas apresentam uma ociosidade de 12 GW em razão dos baixos níveis dos reservatórios. O país ainda não se deu conta da necessidade e da urgência de se regulamentar a hibridização.

As hidrelétricas são a principal fonte de geração de energia do país. No entanto, hoje estão operando muito abaixo de sua capacidade em função dos níveis baixos dos reservatórios.

Inibição de 70% da evaporação dos espelhos d’água

Sendo assim, a implementação de energia solar solar fotovoltaica flutuante nas hidrelétricas, por meio de usinas solares flutuantes inibiria em até 70% a evaporação dos espelhos d’água.

Com isso, os dois sistemas trabalhando em conjunto, aumentariam a capacidade de gerar energia das hidrelétricas em mais de 17,3%. Por isso, esses projetos inovadores precisam urgentemente serem expandidos para melhorar a qualidade de abastecimento energético e todo o país.

> Como prevenir a próxima crise energética?

A energia positiva que vem do sol

Por fim, conheça mais sobre energia solar e comece agora mesmo a traçar o seu plano de ação para aderir a essa fonte renovável. Por isso, acesse o site da Aldo Solar e confira os produtos.

Caso prefira, entre em contato com nossa equipe de vendas e saiba mais sobre o nosso programa de Aldo Crazy Venda Direta. Se for consumidor final, acesse a CALCULADORA ALDO SOLAR, faça uma simulação do produto e agende uma visita técnica que um revendedor da Aldo irá atendê-lo!

solar fotovoltaica flutuante

Além disso, conheça nossas ações voltadas à sustentabilidade.  Acompanhe também todas as novidades da Aldo em outros canais como Twitter,FacebookLinkedIn Instagram. Fique ligado também em nosso canal no Youtube!

> Saiba mais: Como se tornar uma revenda Aldo Solar!

Notícias relacionadas

Leave feedback about this

  • Rating