fbpx
Início » Acesso à energia, uma preocupação mundial

Acesso à energia, uma preocupação mundial

por Alessandra Neris
Publicado Última atualização em
Tempo de leitura: 4 Minutos

Em 2021, o estudo Tracking SDG 7: The Energy Progress Report concluiu que hoje, no mundo, 759 milhões de pessoas não têm acesso à energia elétrica. O levantamento foi realizado pela Agência Internacional de Energia (IEA), Agência Internacional de Energia Renovável (Irena). E, também teve a participação do Departamento de Assuntos Econômicos e Sociais da ONU (UN DESA), do Banco Mundial e Organização Mundial da Saúde (OMS).

Acesso à energia no Brasil 

Aqui no Brasil, a WWF estima que esse dado ultrapasse um milhão de pessoas. E, destes, 990.103 se localizam no território da Amazônia Legal. Essa informação partiu do Instituto de Energia e Meio Ambiente, o IEMA.

Programas estratégicos para acesso à energia

Algumas empresas têm criado programas dedicados dentro da estratégia ESG para enfrentar esse problema de cunho humanitário. São organizações, como a Schneider Eletric, que é líder mundial em transformação digital, automação e gerenciamento de energia. E, a ideia é direcionar o problema de acesso à energia de maneira eficiente, segura, sustentável e confiável.

Dessa forma, tais iniciativas vêm acompanhadas de um comprometimento público para capacitar 1 milhão de indivíduos vulneráveis social e economicamente na área de energia, até 2025. Além disso, essas ações pretendem apoiar 10 mil empreendedores de baixa renda para que eles possam atuar nesse setor. Com isso, será possível fornecer acesso à energia renovável a mais de 50 milhões de pessoas no mundo todo.

Acesso à energia: parcerias

Para o Brasil, o foco está no desenvolvimento de parcerias com integradores, distribuidores e instituições de ensino técnico, em curto prazo. Isso é especialmente válido para as regiões do Nordeste e da Amazônia Legal, visando a criação de mão de obra qualificada. E, ainda, de envio de produtos de energia solar de qualidade àqueles que mais precisam.

> Como escolher o melhor distribuidor de energia solar

A energia sustentável agrega inúmeros benefícios.Assim, é um recurso fundamental para promover a melhoria do padrão de vida de todos, bem como as condições de saúde geral.

Além disso, é um fator determinante para a promoção do desenvolvimento econômico, já que impulsiona o aumento da produtividade dos empreendedores e de suas rendas. E, ainda, favorece o acesso à educação, as melhorias na área da saúde, na qualidade de vida, sem falar na transição definitiva para as energias renováveis.

Acesso à energia e capacitações

Entre 2009 e 2021, 287.737 receberam capacitação para atuarem no setor de energia. Além disso, cerca de 900 empreendedores tiveram suporte e mais de 27 milhões de indivíduos passaram a ter acesso à energia.

Os beneficiados se encontram na África, no Sudeste Asiático, no Oriente Médio e na América do Sul. Contudo, as bases para capacitação, produtos, empreendedorismo e soluções fotovoltaicas acessíveis não podem ser aleatórias.

Cadeia de valor como suporte

Em uma comunidade remota, o ato de simplesmente levar e implantar produtos de tecnologia é insuficiente. Isso porque, em pouco tempo, os equipamentos podem ser danificados, parando de funcionar por falta de recursos.

É necessário ir além disso e criar uma cadeia de valor na região beneficiada, garantindo mão de obra qualificada. Da mesma forma, é necessário contar com pessoas que ofereçam serviços de venda e manutenção de componentes para substituí-los com o tempo.

A consequência disso, é a necessidade de introdução de cursos técnicos e voltados ao empreendedorismo no setor energético. Eles devem estar aptos a capacitar as pessoas da região em médio e longo prazo.

Exemplo: projeto Xingu Solar

O projeto Xingu Solar é um modelo de estrutura de implementação, que foi desenvolvido pelo Instituto Socioambiental, financiado pela Fundação Mott. O projeto foi beneficiado, ainda, com a participação da Schneider Eletric e o Instituto de Energia e Ambiente da USP. Além desses, teve a atuação do Consulado da Mulher, uma iniciativa social da Whirpool.

O Xingu Solar foi criado com o escopo de servir como modelo de implementação de fontes renováveis de energia. Com isso, demonstra uma forma de universalizar o acesso à energia.

Portanto, o projeto privilegiou o desenvolvimento de estratégias comunitárias voltadas ao uso e à gestão da oferta de energia. Assim, entre 2017 e 2019, povos indígenas e 27 outras comunidades foram beneficiadas com sistemas solares dotados de tecnologia Schneider Eletric. Isso impactou 5.322 indígenas de 16 diferentes etnias.

A energia solar pode mudar o mundo

Quando geramos a nossa própria energia, temos a oportunidade de poupar água dos reservatórios. Além disso, essa é uma maneira eficiente de aliviar a pressão sobre esses recursos hídricos neste cenário crítico ditado pela bandeira vermelha.

> Autoprodução de energia: o futuro já está aqui

Hoje, a maior potência instalada é observada na classe de consumo residencial, ou seja, de 2,45 GW. Ela é seguida pela comercial, com 2,17 GW e a industrial, com 492 MW. Então, no segmento de geração própria temos 4,80 GW, no autoconsumo remoto, são 1,14 GW e a modalidade compartilhada com 37 MW. Contamos, ainda, com as múltiplas unidades consumidoras, que aparecem com 4 MW.

Crise energética: energia solar como solução

Após 20 anos o Brasil vive a segunda crise energética significativa. E essa situação ocorre em razão de diversos fatores que estão dificultando ainda mais a geração de energia elétrica. Porém, existe saída desse círculo vicioso. Uma delas é o consumo de energia solar, que deve evoluir ainda mais nos próximos anos.

A força que vem do sol

Por fim, conheça mais sobre energia solar e comece agora mesmo a traçar o seu plano de ação para aderir a essa fonte renovável. Por isso, acesse o site da Aldo Solar e confira os produtos.

Caso prefira, entre em contato com nossa equipe de vendas. Se for consumidor final, acesse a CALCULADORA ALDO SOLAR, faça uma simulação do produto e agende uma visita técnica que um revendedor da Aldo irá atendê-lo.

> Leia também: Como se tornar uma revenda Aldo Solar!

Notícias relacionadas

Leave feedback about this

  • Rating