fbpx
Início » Aldo patrocina a Paixão de Cristo em Maringá

Aldo patrocina a Paixão de Cristo em Maringá

por Alessandra Neris
Publicado Última atualização em
Tempo de leitura: 5 Minutos

A Paixão de Cristo em Maringá é considerada uma das maiores encenações de todo o Brasil. Em 2022, a encenação “Paixão de Cristo: vida, morte e ressurreição” será apresentada nos dias 13 e 15 de abril, Quarta e Sexta-feira Santa, às 20h.

A maior encenação do Sul do país, a da Paixão de Cristo em Maringá, será realizada na praça da Catedral Basílica Menor Nossa Senhora da Glória, em Maringá. Tradicionalmente, a encenação é executada pela Associação Lírius. Nesse sentido, a encenação conta com a Secretaria Especial da Cultura, e o Ministério do Turismo.

Como será a Paixão de Cristo em Maringá em 2022

Desde já, as apresentações da Paixão de Cristo fazem parte do calendário de eventos das festividades do cinquentenário da Catedral Nossa Senhora da Glória.

Além das pessoas que estarão conosco presencialmente, também viabilizaremos para a Sexta-feira Santa a transmissão ao vivo do espetáculo por meio de nosso canal no YouTube”, destaca o presidente da Associação Lírius, diácono Anselmo Frugério, que também é diretor artístico do espetáculo.

Ou seja, para quem não puder participar presencialmente, basta acompanhar no dia 15, no YouTube da Associação Lírius. Essa é, portanto, mais uma ação que visa levar o espetáculo ao maior número de pessoas possível.

Acessibilidade para a Paixão de Cristo em Maringá

Segundo a Associação, a encenação da Paixão de Cristo em Maringác ontará com área reservada em frente ao palco para idosos e pessoa com deficiência. Surdos poderão assistir ao espetáculo com intérpretes de Libras.

Paixão de Cristo em Maringá com patrocínio da Aldo Solar

Promovida pelo Ministério do Turismo com patrocínio da Aldo Solar, a encenação da Paixão de Cristo em Maringá faz parte dos projetos sociais do Programa de Sustentabilidade da Aldo. Desde 2021, o espetáculo vem recuperando sua periodicidade após os períodos mais críticos de pandemia.

“Para nós, patrocinar a encenação anualmente é um prazer como empresa na sociedade maringaense. Desse modo, nos mostramos presentes na comunidade local e, dessa forma, podemos devolver a ela todo o apoio que recebemos e, principalmente, um agradecimento por nossas conquistas”, explica Aldo Pereira Teixeira, fundador e presidente da Aldo Solar.

Apoio da Lei Nacional de Incentivo à Cultura

Bem como citamos no início, a encenação da Paixão de Cristo em Maringá é uma realização da Associação Lirius, Secretaria Especial da Cultura e Ministério do Turismo. Conta com o patrocínio da Aldo Solar, Master Print, Unimed Maringá, FA Maringá, Crivialli do Brasil, Fortgreen, Fertipar e Dicomp.

Além disso, faz parte das ações de fomento à cultura do Instituto Cultural Ingá. Também conta com o apoio da Arquidiocese de Maringá e Prefeitura de Maringá.

Entenda as tradições cristãs

Conforme as tradições cristãs, mais especificamente, as do catolicismo, existe um apanhado de eventos que integram a vida dos fiéis. Isso acontece em razão da lembrança da passagem de Jesus Cristo pela Terra. Sendo assim, a Paixão de Cristo é uma dessas passagens que guardam mais significados pelo fato de mencionar a morte e ressurreição de Cristo.

No ano 325 D.C. praticamente todas as datas religiosas foram definidas, durante uma reunião presidida pelo Imperador Constantino e organizada pelo Papa Silvestre I. Esse advento ficou conhecido como Concílio de Niceia. Foi nessa mesma oportunidade que o Catolicismo foi declarado como a religião oficial do Império Romano.

Sobre a Semana Santa

Embora a Encenação da Paixão de Cristo também seja celebrada no período natalino, a Semana Santa inicia no domingo que antecede a Páscoa. Atualmente, em 2022, a Paixão de Cristo em Maringá será celebrada no período da Semana Santa.

Similarmente, esse período é conhecido como Domingo de Ramos, que lembra a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém. Assim, durante sua passagem, Jesus foi recebido pela população, com ramos de palmeira em reverência ao rei.

De acordo com o evangelho, Jesus se dirigiu a Jerusalém com o objetivo de celebrar a Páscoa Judaica junto de seus discípulos. Dessa forma, ele entrou na cidade montado em um jumento, que foi adotado como símbolo da humildade. Assim, a multidão o aclamou como o Messias aos brados de “Hosana ao Filho de Davi”.

Os dias que seguem a Semana Santa

Após as celebrações do Domingo de Ramos, a Semana Santa continua com a Segunda-feira Santa, que lembra o dia da prisão de Jesus. Na Terça-feira Santa, são lembradas as Sete dores de Nossa Senhora Virgem Maria. É muito comum os fiéis pagarem suas promessas, em memória do encontro de Maria e Jesus a caminho do Calvário.

Na Quarta-feira Santa os católicos celebram a procissão do encontro da Nossa Senhora das Dores e do Nosso Senhor dos Passos. Assim, de acordo com as escrituras, com a proximidade da morte de Jesus, o mundo já teria entrado nas trevas. É por isso que algumas igrejas celebram o Ofício das Trevas.

Encerramento da Quaresma

Entende-se a Quaresma como um período de preparação para a Ressurreição de Cristo e termina na Quinta-feira Santa. Logo, nesse mesmo dia, os três gestos de Jesus na Última Ceia são relembrados. São eles: a Instituição da Eucaristia, a Instituição do Sacerdócio e o Lava-pés.

Do mesmo modo, ainda nesse dia se relembra também a traição de Judas Iscariotes, quem entregou Jesus e seus discípulos por 30 moedas de prata. Então, de acordo com as escrituras, Jesus foi preso na noite de quinta-feira, interrogado e, sexta-feira ao amanhecer, foi açoitado e condenado. E, assim, como forma de lembrar o início do sofrimento de Jesus, diversos rituais são adotados. Alguns são a cobertura de todas as imagens do templo e a retirada dos adornos dos altares.

Final da Semana Santa

Em conclusão das celebrações, na Sexta-feira Santa é recordada a morte de Jesus, crucificado entre dois ladrões. O Sábado de Aleluia antecede a ressurreição de Cristo e é entendido como o dia da espera. Assim, os cristãos aguardam sua ressurreição junto ao sepulcro. No Domingo da Páscoa, portanto, a Semana Santa se encerra. Portanto, é essa a data em que Jesus Cristo vence a morte e mostra o valor da vida.

A força que vem do sol

Se assim como a Aldo, você também comemora os 10 anos de geração distribuída, conheça mais sobre energia solar e comece agora mesmo a traçar o seu plano de ação para aderir a essa fonte renovável. Por isso, acesse o site da Aldo Solar e confira os produtos.

Paixão de Cristo em Maringá

Caso prefira, entre em contato com nossa equipe de vendas. Se for consumidor final, acesse a CALCULADORA ALDO SOLAR, faça uma simulação do produto e agende uma visita técnica que um revendedor da Aldo irá atendê-lo. Confira também as opções de financiamento da Aldo Solar com a Caixa Econômica Federal!

> Leia também: Como se tornar uma revenda Aldo Solar!

Notícias relacionadas

Leave feedback about this

  • Rating