Início » É preciso homologar o gerador ZERO GRID junto à concessionária?

É preciso homologar o gerador ZERO GRID junto à concessionária?

por Alessandra Neris

A produção de energia elétrica por meio de fontes renováveis está cada vez mais acessível ao público. No mercado fotovoltaico, os usuários já estão bastante familiarizados com os geradores ON GRID. Há também os modelos OFF GRID, indicados para áreas remotas e que não possuem conexão com a rede pública de energia ou usados para back up. Por isso, uma terceira via de geradores usa a tecnologia ZERO GRID, que é desconectado da rede elétrica convencional. Portanto, vamos te contar mais sobre essa tecnologia e, principalmente, responder à pergunta: é preciso homologar o gerador ZERO GRID junto à concessionária?

Sistemas ON GRID ainda são maioria

Até agora, a maior parte dos equipamentos instalados ainda é do tipo ON GRID. Isso significa que, apesar de o sistema ser particular, a geração de energia solar está conectada à rede da concessionária. Assim, quando a unidade produz mais energia do que consome, o excedente é injetado na rede e transformado em créditos.

Assim, esses créditos podem ser compensados nos períodos sem sol ou para utilização remota em outras unidades consumidoras.  Se o sistema não gerar a energia necessária para o consumo, a rede pública apenas complementa, proporcionando redução no valor da conta de luz.

O que é a homologação de sistemas fotovoltaicos?

É um procedimento padrão no qual a distribuidora de energia fiscaliza o sistema solar instalado nos imóveis de usuários. Portanto, o objetivo disso é verificar se ele está dentro das especificações estabelecidas pelas normas de segurança.

OFF GRID: liberdade para produzir energia

Os sistemas de geração de energia solar OFF GRID são ideais para áreas remotas. São os locais que apresentam potencial de desenvolvimento e geração de renda, no qual a rede de energia elétrica convencional não chega.

Assim, esses sistemas são ideais para essas situações, uma vez que não possuem conexão com a rede pública de energia, liberando o usuário da conta de luz. Um conjunto de baterias estacionárias armazenam o excesso de energia gerado pelas placas fotovoltaicas. Os Inversores fotovoltaicos, em conjunto com os controladores de carga, preparam essa energia para ser utilizada a qualquer momento. Portanto, podem alimentar o que for necessário, mesmo nos momentos em que o sistema não esteja gerando energia.

Gerador de energia solar OFF GRID: economia no meio urbano

Esse sistema de geração de energia também pode beneficiar clientes que necessitam de sistema de backup. Isso porque esses consumidores possuem cargas essenciais que não podem sofrer interrupções ou oscilação elétrica.

Em geral, são residências ou comércios que recebem energia convencional com baixa qualidade ou estão no fim de rede. Entre eles destacamos: residências, clínicas de vacinação, equipamentos médicos, empreendimentos que necessitem de refrigeração para armazenamento de produtos e até empresas de TI, call centers e hospitais. São locais em que a manutenção de equipamentos essenciais é fundamental. Se beneficiam, também, empresas de segurança e monitoramento cujos sistemas de Circuito Fechado de TV não podem parar de funcionar. Assim, o sistema OFF GRID também garante o crescimento em meio urbano.

É preciso homologar o gerador ZERO GRID junto à concessionária?

Os sistemas de geração de energia solar do tipo ZERO GRID não têm qualquer tipo de conexão com a rede elétrica pública e portanto, não é necessário realizar a homologação.

Sistemas ZERO GRID estão livres de homologação

Essa nova modalidade é uma maneira muito eficiente de garantir o retorno sobre a geração de energia solar para autoconsumo. E você, conhece as aplicações para o ZERO GRID? Inicialmente, vale dizer que esses geradores podem proporcionar um nicho inédito dentro do mercado da energia solar. O ZERO GRID é um gerador trifásico (380v) projetado para se conectar à rede com injeção zero.

Sua função é gerar energia solar, atendendo o autoconsumo imediato e é 100% livre de encargos, taxas, impostos e tarifas. Dessa forma, não é preciso homologar o gerador ZERO GRID junto à concessionária. Portanto, esse sistema desobriga o usuário de solicitar mudanças no contrato de demanda com a concessionária de energia elétrica.

Autossuficiência e crescimento

Poder contar com um sistema autossuficiente de geração de energia significa crescimento e desenvolvimento. Isso viabiliza a criação de empregos em locais remotos. São moradores, centros comunitários, igrejas de áreas isoladas, não atendidas pela rede convencional. Então, seu desenvolvimento pode ser beneficiado por um sistema fotovoltaico independente de homologação.

A energia solar tende a trazer cada dia mais independência para todos nós. A tecnologia evolui a passos largos e a população já está se integrando mais sobre essas novas possibilidades. Isso bom para o bolso, para a sustentabilidade do planeta e para o desenvolvimento da sociedade como um todo.

Quer saber mais sobre sistemas ZERO GRID? Conheça cinco aplicações para ZERO GRID que vão inspirar as suas vendas!

Compartilhe:
0 comentários

Notícias relacionadas