Início » Aldo é reconhecida pelo 2º ano com selo de melhores empresas para se trabalhar

Aldo é reconhecida pelo 2º ano com selo de melhores empresas para se trabalhar

por Alessandra Neris
Tempo de leitura: 3 Minutos

Você conhece o prêmio Great Place to Work (GPTW)? Saiba que é uma certificação destinada às empresas que proporcionam os melhores ambientes de trabalho para seus funcionários. E a Aldo Solar foi certificada como uma dessas melhores empresas para se trabalhar. Mas, isso é resultado da dedicação de cada um dos colaboradores e da valorização da equipe de trabalho pelo seu esforço.

Vale dizer que o selo do GPTW leva em conta a avaliação do índice de confiança dos funcionários com o ambiente de trabalho. Além disso é uma análise das melhores práticas de gestão de pessoas, entre outros quesitos.

Participação nos lucros e resultados

A Aldo, líder em distribuição de soluções para a geração de energia solar no país, acredita que o futuro é de atitudes brilhantes. Além disso, contribui com inúmeros benefícios, sendo um deles a PLR – Participação nos Lucros e Resultados, que é um dos maiores do Brasil! Assim, desde 2009 a Aldo pratica a participação nos Lucros e Resultados junto a seus colaboradores. Em 2021, mais de R$ 8 mi foram rateados para que o time da Aldo concretizasse sonhos pessoais.

A empresa atua no ramo de Energia Solar desde 2016, com a divisão de negócios ALDO SOLAR. Assim, foi apontada pela Valor Econômico como a melhor empresa no setor de Comércio Atacadista e Exterior no ranking das 1000 maiores companhias do país.

Aldo entre as melhores empresas para se trabalhar 

Destacamos que A ALDO é a empresa que mais cresce no segmento de energia solar. Isso pode ser demonstrado com a venda dos mais de 500 mil sistemas fotovoltaicos existentes no país. E, mais de 145 mil geradores foram comercializados pela Aldo nos últimos quatro anos. Esses sistemas totalizam 3,6 GW de potência instalada de geração distribuída, de acordo com a ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica).

E, mesmo em um cenário de desafios pelos efeitos econômicos da Covid-19, a estimativa da Aldo Solar é crescer 50% em relação ao ano passado. Foi quando faturou mais de R$ 1 bilhão e 360 milhões, com a energia solar, o que representou 90% do faturamento da empresa.

Aldo Solar é uma das melhores empresas para se trabalhar

Joaquim Fernandes Alves, diretor comercial da ALDO, declarou: “a recertificação GPTW é uma conquista de todos que fazem parte do ecossistema Aldo. Valorizamos as iniciativas voltadas à sustentabilidade ambiental, social e cultural. Nosso time de colaboradores não poderia estar fora de tudo isso”, finaliza.

Para Aldo Pereira Teixeira, presidente da Aldo, é fato que: “já conhecemos muitas das dores da pandemia. E, agora, com maior clareza, temos a convicção de que o nosso setor de geração de energia solar distribuída é a parte da solução. Para se ter uma ideia, o setor de energia solar é um dos mais importantes na geração de empregos. É responsável, ainda, pela redução de custos para as famílias, empresas e foco na sustentabilidade e no meio ambiente”, explica o executivo.

Planos para 2021

“Para 2021, planejamos um crescimento de 3 dígitos. Pretendemos, também, fornecer mais de 1GW de potência, com mais de 100.000 geradores de energia solar vendidos para todo Brasil. De acordo com dados da ABSOLAR, cada 1GW de potência instalada é capaz de gerar mais de 30.000 novos empregos em toda a cadeia.  Também estimamos mais de R$ 4,5 bilhões em investimentos privados para os nossos 13.000 revendedores espalhados por todo o território nacional. Assim, o crescimento e o reconhecimento do mercado só corroboram nossa missão de apoiar a energia solar no Brasil”, comemora o executivo.

“Pensar Solar é gerar conhecimento, é fomentar e educar para a sustentabilidade, é disseminar um novo ponto de vista. Mas, acima de tudo, utilizar ENERGIA SOLAR é fazer parte de uma grande renovação”, finaliza.

Outras certificações e associações

A ALDO possui, também, as certificações ISO 9001, ISO 14001 e OHSAS 18001. É associada à ABSOLAR (Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica), ABRADISTI (Associação Brasileira da Distribuição de Tecnologia da Informação). Também participa ativamente do PNRS – Programa Nacional de Resíduos Sólidos por meio do ALDO Crazy Recicla.

Aldo chega aos 40 anos

A Aldo chega aos 40 anos em 2022 e, ainda neste ano, a empresa planeja crescer 100% em relação ao ano anterior e faturar mais de R$ 3 bilhões. Além disso, pretende atingir 2,4 GW de potência instalada, enquanto a previsão de mercado é de 8GW, segundo dados da ABSOLAR.

“Os números crescentes do setor e energia solar no Brasil não deixam dúvidas. A energia solar fotovoltaica agrega inúmeros benefícios sociais, econômicos e ambientais para o progresso do Brasil. Além disso, geramos empregos locais de qualidade e reduzimos os impactos ao meio ambiente”, explica o executivo.

 

O setor de energia solar tende a gerar cada vez mais empregos. É uma área que promete inovar sempre e absorver muitos profissionais. Fique com a gente e saiba mais sobre o assunto!

Compartilhe:
0 comentários

Notícias relacionadas