fbpx
Home Energia Solar É preciso declarar investimento em energia solar no IR 2022?

É preciso declarar investimento em energia solar no IR 2022?

por Alessandra Neris
Tempo de leitura: 4 Minutos

Você sabia que que os sistemas fotovoltaicos são considerados uma espécie de reforma ou melhoria no imóvel, o que aumenta seu valor? Por isso, todos os consumidores que instalaram sistemas solares em 2021, deverão declarar esse investimento em energia solar no IR em 2022, como pessoa física.

De acordo com dados no site da ANEEL, a geração distribuída já ultrapassou os 10 GW em potência instalada em todo país. Além disso, já são mais de 930 mil sistemas conectados à rede das concessionárias de energia elétrica em mais de 5.470 municípios brasileiros.

> Leia mais: Saiba mais sobre a cobrança de IPI e ICMS sobre os equipamentos fotovoltaicos

Quem deve declarar investimento em energia solar no IR?

Mas, existem algumas restrições. A saber: apenas os proprietários de imóveis com valor acima de R$ 300 mil serão obrigados a declarar investimento em energia solar no IR em 2022.

É importante destacar que é preciso cadastrar os geradores fotovoltaicos, uma vez que o declarante consegue obter ganho de capital, caso o imóvel seja vendido futuramente.

Dedução no imposto – investimento em energia solar no IR

Assim, ao atualizar o valor, o contribuinte desfrutará da dedução no imposto, que será pago sobre o ganho da venda. Exemplificando: uma unidade comprada por R$ 100 mil e revendida por R$ 300,00, terá o imposto incidindo sobre a diferença apurada. Assim, deverá declarar o investimento em energia solar no IR no valor de R$ 200 mil.

Investimento em energia solar no IR

No entanto, o imóvel pode ter melhoria por meio de um sistema fotovoltaico de R$ 80 mil e vendido, também, por R$ 300 mil. Nesse caso, se o proprietário do sistema informar a instalação em sua declaração, o cálculo da diferença ficará entre R$ 180 mil e R$ 300 mil. Dessa forma, o imposto incide sobre o valor de R$ 120 mil.

Todo tipo de reforma ou ampliação realizada dentro de um imóvel é considerado custo de aquisição. Por isso, é obrigatório declarar o investimento em energia solar no IR. Dessa forma, em uma eventual venda, ocorre ganho de capital.

Na compra de uma casa por R$ 100 mil e com investimento em energia solar, que valoriza o imóvel, o ideal é acrescentar os pagamentos na ficha de bens e direitos.

> Leia mais: Por que o investimento em energia solar está crescendo?

Para valores abaixo de R$ 300 mil

Como declarar o investimento em energia solar no IR para imóveis com valores abaixo de R$ 300 mil? Nesses casos, se os rendimentos estiverem acima de R$ 28.559,70 e já tendo que prestar suas contas como o Fisco, é recomendável incluir o sistema solar na declaração.

E a justificativa para isso é a mesma dos outros casos: atualizar os custos de aquisição, implicando ganho de capital na venda. Isso é importante, uma vez que se constitui um benefício para quem adquir seu gerador solar.

Rendimentos abaixo de R$ 28.559,70

No caso de quem tem rendimentos abaixo de R$ 28.559,70 anuais, mas possui imóveis avaliados em até R$ 300 mil, não há a obrigatoriedade de enviar a declaração investimento em energia solar no IR.

Como você deve declarar o investimento em energia solar no IR

Para declarar o seu investimento em energia solar no IR, você precisa incluí-lo na aba de Bens e Direitos da declaração, como gastos com reforma, ampliação ou construção.

No entanto, o contribuinte deve ficar atento e informar apenas a parcela do valor total paga ao longo do ano do exercício fiscal, ou seja, o ano anterior, nesse caso, 2021.

Isso acontece porque muitos desses projetos são financiados, o que exige a declaração apenas das parcelas quitadas durante o ano que passou.

Nos anos subsequentes, as parcelas continuam. Se o contribuinte incluir o valor total, é bem provável que caia na malha fina, já que não pagou o valor integral ainda. Além disso, é fundamental guardar todos os recibos de pagamento para incluí-los na declaração de investimento em energia solar no IR.

> Leia mais: Saiba como a energia solar pode impulsionar o 5G

66% dos consumidores querem energia solar em casa

No Brasil e no mundo, as pessoas têm demonstrado cada vez mais interesse em pagar mais por uma vida mais sustentável. E essa nova postura inclui o desejo de mais de 73,5% da população brasileira de instalar energia solar em casa. Contudo, em cada dez lares do país, nove ainda não têm sistemas fotovoltaicos em seus telhados.

Uma pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc) demonstrou que 66% dos entrevistados pagariam mais para ter energia solar em casa. Segundo o presidente da associação, o consumidor está mais focado nas boas práticas relativas aos impactos ambientais, em todos os setores da sociedade. Dessa forma, tende a valorizar cada vez mais essas questões na hora de escolher um lugar para morar.

A energia positiva que vem do sol

Por fim, conheça mais sobre energia solar e comece agora mesmo a traçar o seu plano de ação para aderir a essa fonte renovável. Por isso, acesse o site da Aldo Solar e confira os produtos.

Caso prefira, entre em contato com nossa equipe de vendas e saiba mais sobre o nosso programa de Aldo Crazy Venda Direta. Se for consumidor final, acesse a CALCULADORA ALDO SOLAR, faça uma simulação do produto e agende uma visita técnica que um revendedor da Aldo irá atendê-lo!

investimento em energia solar no IR

Além disso, conheça nossas ações voltadas à sustentabilidade.  Acompanhe também todas as novidades da Aldo em outros canais como Twitter,FacebookLinkedIn Instagram. Fique ligado também em nosso canal no Youtube!

> Saiba mais: Como se tornar uma revenda Aldo Solar!

Notícias relacionadas