Início » Como a Energia Solar tem mudado vidas em todo o Brasil

Como a Energia Solar tem mudado vidas em todo o Brasil

por Alessandra Neris
Tempo de leitura: 4 Minutos

No último dia 28 de junho, o setor de geração de energia solar distribuída atingiu 6 GW (gigawatts) no país. Essa fonte de energia renovável mais limpa e abundante do Planeta cresceu 43,7% no último ano, com 2,6 GW a mais durante esse período. Assim, já acumula mais de 650 mil unidades consumidoras e mais de 518 mil sistemas instalados, E, isso sinaliza que a energia solar tem mudado vidas no território nacional, levando mais economia e conforto à população.

Trata-se de um marco extremamente relevante em um momento de possível racionamento, em razão da pior crise hídrica das últimas décadas.

Energia Solar tem mudado vidas

Quando geramos a nossa própria energia, temos a oportunidade de poupar água dos reservatórios. Além disso, essa é uma maneira eficiente de aliviar a pressão sobre esses recursos hídricos neste cenário crítico ditado pela bandeira vermelha.

Hoje, a maior potência instalada é observada na classe de consumo residencial, ou seja, de 2,45 GW. Ela é seguida pela comercial, com 2,17 GW e a industrial, com 492 MW. Então, no segmento de geração própria temos 4,80 GW, no autoconsumo remoto, são 1,14 GW e a modalidade compartilhada com 37 MW. Contamos, ainda, com as múltiplas unidades consumidoras, que aparecem com 4 MW.

Estado brasileiro com maior destaque

O estado brasileiro protagonista no setor solar é Minas Gerais, que apresentou mais de 1 GW. Na sequência, vem São Paulo, com 752 MW, Rio Grande do Sul, com 743 MW, Mato Grosso, com 450 MW e Paraná, com 341 MW.

A ABSOLAR revelou que os 6 GW de geração solar distribuída representam mais de R$ 30,6 bilhões em investimentos acumulados desde 2012. Isso inclui a geração de mais de 180 mil empregos ao longo do período, em todas as regiões do país.

Apenas em 2021, foi acrescido mais de 1,3 GW de GD solar, que pode ter sido motivado pelo aumento das tarifas de energia. Outro fator, pode ter relação com as melhorias ocorridas no setor devido ao amadurecimento da fonte.

Desenvolvimento de negócios

Outra motivação para a adesão à fonte solar é sua condição de catalisador econômico, ou seja, sua atratividade ao desenvolvimento de negócios, como as fazendas solares. Esses negócios são importantes para promover o desenvolvimento local e regional. Além disso, permitem que os consumidores sem recursos próprios tenham acesso à geração de energia limpa e renovável.

Durante 2021, a geração distribuída deve gerar R$ 17,2 bilhões de investimentos novos no país. Isso significa ultrapassar os 8 GW, então, estima-se um crescimento de 90% em relação ao que foi instalado até dezembro de 2020.

Alíquota de importação zerada

Em 2020, a Câmara de Comércio Exterior do Ministério da Economia decidiu zerar a alíquota de importação sobre painéis solares, entre outros itens. Tal decisão reduziu o custo do equipamento, além de incentivar a adesão de mais consumidores à energia solar.

Segundo os dados divulgados pela Agência Internacional de Energias Renováveis (IRENA), nesses últimos dez anos vimos o custo dos módulos fotovoltaicos despencarem. Passamos de três dólares por watt em 2009, para 0,3 dólares por watt em 2019, ou seja, tivemos uma redução de 90%.

E mais, a prática mostra que a cada duplicação da capacidade instalada do mundo, há queda de mais de 20%. Isso graças às economias de escalas e as melhorias de desempenho e medidas de eficiência energética. Mas, o motivo não é somente a baixa dos preços das células fotovoltaicas de silício, o apelo ecológico é muito maior do que isso.

Compromisso com o meio ambiente

A preocupação com a preservação do meio ambiente está cada dia mais presente na pauta das pessoas. Esse é outro ponto importante nesse cenário e está levando os consumidores a procurarem formas mais conscientes de consumo de energia e de produtos. Tudo isso tem se intensificado com a chegada da pandemia, já que empresas e governos ao redor do mundo fortaleceram essa tendência. É o fortalecimento e a popularização das práticas de ESG (Environmental, Social and Governance) – Ambiental, Social e Governança.

Preocupação com o clima

Essa é mais uma preocupação que muda o olhar da população em relação à qualidade de vida no Planeta. Vale esclarecer que, ao longo dos últimos 50 anos, a temperatura média global aumentou no ritmo mais alto da história e a tendência está acelerando.

Todos, exceto um dos 16 anos mais quentes dos 134 anos, desde o início do monitoramento da NASA, ocorreram desde 2000. Devemos, é claro, considerar os ciclos de avanço e retrocesso glacial, nos últimos 650 mil anos da Terra. Mesmo assim, as evidências científicas apontam para mais de 95% de probabilidade de que a causa do aquecimento seja proveniente da ação e exploração humana. Contudo, a adesão à energia solar tem mudado vidas, trazendo mais economia, sustentabilidade e esperança de uma vida mais tranquila para as futuras gerações.

Menos emissão de CO₂

O aumento nos níveis de gases do efeito estufa, como dióxido de carbono, contribuem para o aquecimento global, que emitimos num ritmo sem precedentes. E as evidências das mudanças climáticas são reais. Temos aumento da temperatura da Terra, aquecimento e acréscimo no nível de água dos oceanos, derretimento das geleiras e diminuição das coberturas de neve.

Já sabemos que o sol é uma fonte renovável e, inquestionavelmente, inesgotável. Seu uso diminui absurdamente as emissões de CO₂. Essas vantagens proporcionam às empresas a manutenção de seus processos com sustentabilidade, redução do impacto ambiental e uma baixíssima pegada de carbono. E, esse é seu melhor resultado quando se pensa em aderir ao uso da energia solar. Isso tudo sem falar na economia que resulta em uma fatura de energia de até 90%.

Conheça os melhores equipamentos

Já é tempo de adotar ações cada vez mais sustentáveis, bem como buscar maneiras de ajudar a melhorar a qualidade de vida da sua comunidade. Por isso, acesse o site da Aldo Solar e confira os produtos.

Caso prefira, entre em contato com nossa equipe de vendas. Se for consumidor final, acesse a CALCULADORA ALDO SOLAR, faça uma simulação do produto e agende uma visita técnica que um revendedor da Aldo irá atendê-lo.

> Leia também: Como se tornar uma revenda Aldo Solar!

Compartilhe:
0 comentários

Notícias relacionadas