Início » Energia solar para reverter as mudanças climáticas que afetam o planeta

Energia solar para reverter as mudanças climáticas que afetam o planeta

por Alessandra Neris

Começou hoje a Cúpula de Líderes sobre o Clima, reunião de chefes de estado de 40 países do mundo. O evento é uma reunião convocada pelos EUA para discutir questões sobre o clima e marca a volta do país norte-americano ao debate climático. Neste artigo, falamos sobre como utilizar a energia solar para reverter as mudanças climáticas que afetam o planeta. Por isso, acompanhe até o fim!

Em seu discurso de abertura, a vice-presidente dos Estados Unidos, Kamala Harris, ressaltou a importância de se investir em energia limpa e renovável. “Isso vai dar às nações a oportunidade de construir comunidades mais saudáveis e economias fortes”.

A energia solar para reverter as mudanças climáticas

O presidente anfitrião, Joe Biden, dos Estados Unidos, abriu a conferência alertando, claro, para as consequências das mudanças do clima, combate ao desmatamento, principalmente na Amazônia. Destacou, ainda, a responsabilidade de 17 economias mundiais.

Elas representam 4/5 do PIB global e, juntas, por 80% das emissões de gases do efeito estufa. Por isso, precisam adotar medidas de redução de emissões. Só os Estados Unidos, prometem reduzir as emissões de CO2 em 80% até 2030.

Em outro momento, o presidente americano chamou a atenção para a economia contida na preservação do meio ambiente. Disse que as profissões do futuro estarão ligadas a tecnologias de preservação dos recursos naturais e que este mercado tende a crescer nas próximas décadas.

Destaque para a energia solar

Desde que entramos de cabeça no mercado de energia solar, a Aldo Solar deixa claro um de seus objetivos. É disseminar a importância da produção e do uso da energia solar, energia gerada de maneira limpa e mais barata que a energia elétrica. Treinamos funcionários, capacitamos instaladores e auxiliamos nossos parceiros revendedores pelo Brasil a crescerem juntos conosco, sob a luz da energia solar.

Detectamos que se trata de um mercado merecedor de esforços que possam fomentar essa atividade e, mais que isso, um mercado crescente.

Dados da ANEEL

A ANEEL, Agência Nacional de Energia Elétrica, traz dados interessantes. A energia solar ocupa a sétima posição em opções de fontes de energia no Brasil atualmente, como fonte de energia elétrica para empresas e residências. Esse dado representa 1,7% da matriz energética brasileira.

Apesar disso, o setor de energia solar no Brasil cresce exponencialmente e tem sido um dos principais catalisadores na retomada econômica do país.

Investimentos animadores

Para se ter uma ideia, somente em 2020, o segmento de geração distribuída solar foi responsável pela atração de R$ 11 bilhões em investimentos ao Brasil. Além disso, a energia solar gerou de 75 mil novos empregos e mais renda a trabalhadores espalhados por todo o território nacional. E esse fato aconteceu em um dos momentos mais críticos da economia do País.

Tudo isso representa aproximadamente 500 mil unidades consumidoras, que recebem créditos de energia geradas em mais de 457 mil sistemas conectados à rede. São unidades que contribuem com sustentabilidade e economia para toda a sociedade. Então, essa tecnologia já está presente em mais de 5 mil cidades em todos os estados do Brasil.

ALDO Solar em destaque

Neste cenário, a ALDO Solar tornou-se a maior distribuidora de equipamentos de energia solar no Brasil. Já ultrapassou a marca de 135.000 geradores vendidos ao mercado brasileiro, que reforçam a liderança e a atuação nacional da ALDO, garantindo 30% de participação.

Estimativa da ABSOLAR

Uma estimativa da Associação Brasileira de Energia Solar – ABSOLAR – diz que em 2021, a autogeração deve atrair mais R$ 17,2 bilhões. Esse valor equivale a 76% dos R$ 22,6 bilhões estimados para todo o setor pela entidade.

Além disso, desde 2012, quando despontou comercialmente no País, a energia solar teve seu preço reduzido em 80% – de US$ 100 o megawatt-hora para cerca de US$ 20. O preço fica abaixo do custo de todas as outras fontes, com exceção da geração eólica.

Energia solar para reverter as mudanças climáticas

Trocando em miúdos: o mundo pede ações que visem a diminuição do uso de recursos não renováveis e para a redução de emissão de gases. A energia solar é exatamente isso – energia limpa, de baixo impacto ao ambiente e mais barata. O mercado existe, está em expansão e tende a crescer mais ainda no mundo todo.

No Brasil a Aldo Solar contribui trazendo ao mercado nacional o que há de melhor no mundo em termos de geração e armazenamento de energia gerada pelo sol. Com essas ações, cumpre seu papel como disseminador e incentivador de práticas benéficas ao meio ambiente e ao clima do planeta.

Já é chegada a hora de todos nós fazermos o mesmo, usando a energia solar para reverter as mudanças climáticas. Podemos começar conhecendo mais detalhes sobre a energia solar e suas inúmeras possibilidades!

Compartilhe:
0 comentários

Notícias relacionadas