Início » Tudo que você precisa saber sobre carros elétricos

Tudo que você precisa saber sobre carros elétricos

por Alessandra Neris
Saiba tudo sobre carros elétricos

A indústria automotiva está promovendo uma verdadeira revolução nos novos projetos de automóveis movidos a energia limpa. O principal motivo é a preocupação cada vez maior da sociedade com os efeitos da emissão de gases poluentes no meio ambiente. E, neste sentido, os carros elétricos são a nova onda da mobilidade.

Os motores a combustão se transformaram em vilões, levando muitos países a adotarem medidas para limitar sua produção e circulação. A partir de 2030, diversos países europeus já restringirão esse tipo de veículo, até sua total proibição.

Diante dessa perspectiva, as montadoras já empreenderam uma corrida frenética pela produção de carros elétricos, antes que sejam extintas do mercado. Esses veículos já estão entre nós, com modelos cada dia mais variados, apesar de seu custo elevado e suas redes de recarga ainda limitadas.

Mas, o que esperar para os próximos anos, modelos mais acessíveis, soluções para autonomia? Vejamos um pouco mais de detalhes para ajudar a vislumbrar os veículos que ainda teremos, talvez, mais cedo do que imaginamos. Acompanhe o artigo e saiba mais!

Como funciona um carro elétrico?

Esses automóveis movidos a energia limpa funcionam por meio de corrente elétrica. E isso depende de quatro componentes básicos: bateria, inversor, motor de indução e um sistema de recuperação de energia.

Sua bateria é recarregável e armazena energia elétrica para o funcionamento do veículo. Já, o inversor, tem a função de converter a corrente elétrica alternada do carregador em corrente contínua para ser conduzida até as baterias. Assim, a eletricidade aciona os mecanismos do motor, que faz o carro se locomover.

Sem o motor de combustão, o automóvel elétrico não emite ruídos indesejáveis, nem gera poluentes. Além disso, a eletricidade permite o melhor aproveitamento da energia do sistema, já que o mecanismo do motor sofre menos atritos. Com isso, a aceleração do veículo se torna mais leve, facilitando sua condução.

Assim sendo, o sistema de recuperação de energia se mostra como uma vantagem econômica adicional. Em um carro convencional, durante a frenagem, a energia do sistema sofre desperdício em forma de calor. Nos veículos elétricos, essa mesma energia retorna para a bateria em forma de eletricidade.

 Situação do mercado atual

De acordo com a ANFAVEA (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), em 2007, foram vendidos 3.296 carros híbridos e elétricos no país. Por isso, o mercado automobilístico internacional está investindo fortemente nesse setor.

Tendo em vista esses números, especialistas apontam uma tendência irreversível na preferência por automóveis movidos a energia limpa no mundo. Em breve, o Brasil deve participar desse cenário, uma vez que tem condições de ampliar cada dia mais a adesão à energia solar.

Esse caminho inevitável se deve muito às vantagens oferecidas pelos carros elétricos, entre elas, o custo. A energia elétrica, por quilômetro rodado, é um terço mais barata que os demais tipos de combustíveis. Além disso, reduz, significativamente, o impacto ambiental, com a emissão quase zero de poluentes.

Quais os tipos de carros elétricos disponíveis?

Os veículos elétricos já oferecem uma gama de variedades, dependendo da necessidade e disponibilidade do usuário. No entanto, seu maior diferencial é a possibilidade de carregar o combustível (energia elétrica) em uma fonte externa, ou seja, uma tomada (plugue). Isso os distingue dos motores elétricos híbridos, que complementam o motor a combustão com a energia da bateria. No entanto, não podem fazer a carga por meio de uma tomada.

São três, portanto, os tipos básicos de carros elétricos: os totalmente elétricos, os híbridos e os híbridos plugin. Na classificação “totalmente elétrico” podemos encontrar os que são movidos a bateria (BEV) e os elétricos movidos a célula de combustível (FCEV). Eles são carregados pela energia da rede e, também, podem carregar parte da bateria por meio dos freios regenerativos. Esses freios reaproveitam parte da energia perdida na frenagem do carro.

Veja, a seguir, uma ilustração demonstrativa dos tipos de carros elétricos:

Tipos de carros elétricos

Quais modelos de carros elétricos já estão disponíveis no Brasil e quanto custam?

O Brasil é a terra do etanol, o que fez a onda elétrica atrasar em uma década. Agora, o tempo perdido faz com que as empresas se apressem para lançarem seus modelos nesse nicho. Em 2019, foram lançados 4 modelos abaixo de R$ 200 mil: Nissan Leaf, Renault Zoe, Chevrolet Bolt e Jac iEV40.

Além desses, no segmento de luxo, podemos encontrar o BMW, disponíveis entre R$ 206 mil e R$ 238 mil e a Volvo com sua série XC que vai de R$ 265.000,00 a R$ 399.000,00. Além desses modelos, existe o Jaguar I-Pace, que custa em torno de R$ 450 mil.

Uber: frota com 100% de carros elétricos até 2040

Recentemente, a Uber anunciou a meta ambiciosa de compor sua frota elétrica em 100% até 2040, e seu intuito é reduzir emissões de carbono. Para tanto, está investindo por volta de US$ 800 milhões, sendo parte desses investimentos direcionados para a compra de veículos e descontos em recarga.

A empresa pretende injetar outra parte dos investimentos em forma de bônus de US$ 1 por corrida a motoristas que optarem por veículos elétricos. O programa ainda contempla a formação de parcerias com a General Motors, Nissan, Renault e Mitsubishi, além de postos de recarga.

Ainda não há inclusão de países abaixo do Equador no programa, tendo em vista a pouca presença de carros elétricos em circulação.

Como carregar um carro elétrico e em quanto tempo?

Carregar carros elétricos têm suas vantagens, mas a rapidez ainda deixa a desejar. Sem falar na quantidade dos pontos de carga encontrados no país afora que, atualmente, estão em supermercados, postos de combustível e shoppings centers. Além desses, temos locais privados como, estacionamentos e empresas.

No Brasil, podemos encontrar mais de 100 postos de recarga. Por exemplo, a BMW Group Brasil prometeu que, até o final de 2019, instalaria 40 novos postos e a Volvo, anunciou 250 novos postos.

Mas, nas residências é possível carregar o veículo? Sim, nas tomadas de 110V e de 220V, que levam até 20 horas para uma carga completa.

Cada recarga dá aos veículos uma autonomia variável, em KWh, dependendo do carro e da capacidade da bateria. Portanto, normalmente, uma recarga dura entre 200 Km a 350 Km.

Onde carregar carros elétricos em trajetos maiores?

A Copel, em parceria com a Itaipu Binacional, finalizou em 2018 as instalações de postos de recargas. Dessa forma, formam a maior eletrovia do Brasil, com 730 quilômetros de extensão. Liga o Porto de Paranaguá às Cataratas do Iguaçu, em Foz do Iguaçu. Ao todo, são 12 eletropostos espalhados ao longo de toda BR-277, que cruza o Estado.

As estações são todas de carga rápida e gratuita: leva entre meia e uma hora para carregar 80% da bateria da maioria dos carros elétricos. Sendo assim, esses modelos rodam de 150 a 300 quilômetros a cada carga.

No trajeto entre Rio de Janeiro e São Paulo, também, existe uma rede de recarga para veículos elétricos. Agora, os carros elétricos podem percorrer os 430 quilômetros que separam essas duas cidades, usando apenas energia elétrica. São 6 (seis) estações de recarga localizadas ao longo da Rodovia Presidente Dutra, em postos de combustível, com distância máxima de 122 Km entre si.

Dentro das grandes cidades, como Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília, já existem um número maior de opções para recarga.  De acordo com o PlugShare, São Paulo mantém cerca de 60 locais para essa finalidade, sendo a maioria na Zona Oeste.

No entanto, nem todos os postos de recarga ficam disponíveis para o público ou acessíveis por 24 horas. Muitos são encontrados em concessionárias de automóveis ou em escritórios particulares e shoppings.

Ponto de abastecimento da ALDO Solar

A ALDO Solar anuncia a primeira garagem pública para abastecimento de carros elétricos e/ou híbridos, alimentada por energia solar, do sul do país. Maringá e outras cidades do Brasil têm postos de abastecimento de carros movidos a eletricidade, mas todos ligados à rede oficial de distribuição de energia. No entanto, a grande diferença é que na garagem da ALDO a energia elétrica é gerada pelo sol.

A empresa maringaense já atua no segmento de captação de energia solar distribuindo equipamentos e tecnologia para todo o país. Desse modo, agora também oferece a possibilidade do uso da energia solar para abastecimento de carros elétricos.

Assim, o horário de funcionamento da garagem da ALDO para abastecimento de carros elétricos é das 8h às 18h de segunda a sexta-feira.

Por fim, a ALDO fica na Avenida Horácio Roccanello Filho, nº 1.836, Bairro Vila Nova, Maringá, PR.

Quanto custa um carregador para carro elétrico e onde comprar?

Os preços variam bastante, de acordo com a marca, potência e outras funcionalidades. Na ALDO, você encontra diversos modelos de carregadores por valores, que variam de R$9.749,00 a R$15.590,00.

Confira os modelos disponíveis.

09 de setembro: Dia Mundial do Veículo Elétrico

No último dia 09 de setembro foi celebrado o Dia Mundial do Veículo Elétrico, data patrocinada pela ABB em parceria com a Green.TV. A data visa o reconhecimento global para mobilidade elétrica. Além disso, pretende alcançar a consciência do consumidor atual e potencial, sobre os benefícios dos veículos elétricos, colocando a direção elétrica na vanguarda do desenvolvimento.

Como líder mundial em mobilidade elétrica, a ABB está comprometida com o impulsionamento da inovação no setor, apoiando assim a adoção mais ampla de veículos elétricos.

A ABB tem experiência incomparável em eletrificação, tendo vendido mais de 14.000 carregadores rápidos DC em mais de 80 países. Além disso, recentemente recebeu o Prêmio Global E-Mobility Leader 2019 por seu papel no apoio à adoção internacional de soluções de transporte sustentável.

Conheça os carregadores veiculares da ABB disponíveis na ALDO.

Por fim, e você, já se preparou para uma nova era de mobilidade? Embarque nessa onda, conhecendo mais sobre energia solar e suas incontáveis vantagens!

Compartilhe:
0 comentários

Notícias relacionadas

Deixe um comentário