Início » Aldo Solar comercializa 120 mil geradores de energia solar

Aldo Solar comercializa 120 mil geradores de energia solar

por Alessandra Neris

O aproveitamento da energia solar na modalidade de geração distribuída não para de crescer no Brasil. Sendo assim, de acordo com dados coletados no site da ANEEL, até dezembro de 2020, o país já contava com 363.246 geradores ON GRID. Todos eles foram instalados em residências ou empresas brasileiras. E, neste cenário de grande otimismo, um importante marco no segmento fotovoltaico foi batido. A Aldo Solar comercializa 120 mil geradores no mercado brasileiro de geração distribuída.

Esse número representa 1,14 GW de potência em geração distribuída e mais de 3 milhões e 200 mil painéis solares. Esses dados reforçam a liderança e a atuação nacional da ALDO com share de 30% do mercado. Dessa forma, a Aldo entrega um gerador de energia solar a cada 3 minutos.

Crescimento exponencial: Aldo Solar comercializa 120 mil geradores

“Chegar ao expressivo número de 120 mil geradores vendidos é motivo de muito orgulho. Orgulho de ter apostado em um setor que cresce exponencialmente e que está sendo um dos principais catalizadores da retomada da economia. E esse feito é de toda a comunidade de revendas e instaladores que nos prestigia. Pertence também aos consumidores que acreditam na sustentabilidade e na possibilidade de gerar sua própria energia”, explica Aldo Pereira Teixeira, fundador presidente da ALDO Solar.

Resultados Aldo Solar em 2020

2020 foi um ano desafiador em diversos sentidos. E o principal foi relacionado à pandemia do coronavírus. Da mesma forma, tivemos problemas de abastecimento na China, alta do dólar e problemas logísticos relativos ao frete internacional. Ainda assim, com o esforço de toda a equipe de colaboradores da Aldo, a empresa apresentou um êxito expressivo. Tivemos 21% de crescimento e um aumento de 25% em vendas de geradores fotovoltaicos. Assim, somente em 2020, foram vendidos 52.199 geradores de energia solar.

Esses números nos mostram que o trabalho em equipe ultrapassou a meta estipulada. Portanto, o trabalho gerou o pagamento de mais de R$ 8 milhões em bônus da PLR (Participação nos Lucros e Resultados). Isso representa aproximadamente 17 folhas de pagamento.

Previsão de crescimento da Aldo Solar

“Para este ano, nossa meta é crescer 100%. Esperamos fornecer mais de 1GW de potência, com mais de 100.000 geradores de energia solar vendidos para todo o Brasil. De acordo com dados da ABSOLAR, cada 1GW de potência instalada é capaz de gerar mais de 30.000 novos empregos em toda a cadeia. Também estimamos mais de R$ 4,5 bilhões em investimentos privados distribuídos entre nossos 13.000 revendedores espalhados por todo o território nacional. Assim, o crescimento e o reconhecimento do mercado só corroboram nossa missão de apoiar a energia solar no Brasil”, comemora o executivo.

O executivo finaliza: “somos uma empresa e pretendemos que nossos dados apontem para o crescimento. Dessa forma, nossas metas e nossos faturamentos são, sim, medidos em números, mas não o nosso sucesso. A paixão pela energia solar é hoje o que nos move e nos faz crescer cada vez mais.”

Desenvolvimento do setor

“Como fundador e presidente da Aldo Solar, sinto uma comunhão de ideias. Desde nossas reuniões de diretoria, até aquele que despacha a carga para os caminhões em nosso terminal de distribuição, acreditam no mesmo ideal. Sabemos que estamos distribuindo não apenas equipamentos, mas a possibilidade de cada brasileiro produzir e utilizar uma energia mais limpa e barata. E, assim, contribuir não só com o desenvolvimento do setor, mas com a construção de um país melhor”.

Por fim, quando vemos que empresas como a Aldo, que comercializa 120 mil geradores, percebemos quanta gente já adotou esse ideal.

Acredite nele você também! Nossa gente precisa se inteirar cada vez mais da necessidade de poluir menos e cuidar muito mais do meio ambiente. Então, continue explorando nossas matérias e entenda mais sobre como armazenar energia solar!

Compartilhe:
0 comentários

Notícias relacionadas

Deixe um comentário