Início » Entenda o que é Economia Circular de painéis fotovoltaicos

Entenda o que é Economia Circular de painéis fotovoltaicos

por Alessandra Neris

Esse termo ainda é desconhecido para muita gente, porém, bastante discutido e estudado entre seus adeptos. E você, já ouviu falar na economia circular de painéis fotovoltaicos? Sabe como isso funciona? Em primeiro lugar, precisamos esclarecer o que é economia circular com um todo. Assim, a ideia é aproveitar produtos, materiais e componentes, que antes, eram descartados como lixo, para reintroduzi-los na cadeia de consumo, em um novo ciclo.

Trata-se de uma conduta totalmente alinhada à sustentabilidade, inspirada no mecanismo dos ecossistemas naturais, que geram recursos em um processo contínuo de reciclagem e reaproveitamento. Com isso, torna-se possível reunir o modelo sustentável com a tecnologia e o comércio global. Mas, por que essa ideia é tão importante?

Situação do lixo eletrônico

Segundo o relatório The Global E-waste Monitor 2020 da ONU, o Brasil ocupa o quinto lugar entre países que mais produziram lixo eletrônico em 2019. Ficou atrás apenas da China, EUA, Índia e Japão. Essa situação traz à tona o crescimento acelerado da energia fotovoltaica na economia e a necessidade de atenção questões relativas à reciclagem de painéis.

Esses dados nos convidam à ação, uma vez que a reflexão já está a todo vapor quando o assunto é reaproveitar e reciclar. Por isso, desde 2013, a Aldo já reciclou mais de 62 toneladas de equipamentos eletrônicos! Você sabia disso? E, agora, está preparada para receber, também, painéis solares para a mesma finalidade.

Por que reaproveitar é necessário?

Fazer o devido reaproveitamento e reciclagem é dever de todos nós, uma vez que a natureza já não tem condições de suprir tanta exploração. Desde que a Revolução Industrial começou a ditar as regras de extração, consumo e descarte indiscriminado, estamos indo ladeira abaixo em termos de sustentabilidade. Essa é a conhecida e desastrosa economia linear, que já não tem mais espaço no planeta, a não ser para destruir o que nos resta.

Portanto, a nova ordem é reciclar, reaproveitar e mudar o nosso cenário global. Nesse sentido, responsabilidade é o comprometimento de arcar com as consequências dos nossos atos. Além disso, todo agente envolvido no processo também pode assumir a responsabilidade pelo comportamento dos outros.

Sendo assim, a ALDO SOLAR leva esse compromisso muito a sério, desde a sua fundação, há quase 40 anos. Por isso, é importante destacar que, muito tempo antes dessa ideia se transformar em lei, a empresa já praticava a economia circular ativamente. Significa que há muito tempo, a Aldo trabalha continuamente com a reciclagem de lixo eletrônico.

Assim, quando o assunto é Tecnologia da Informação, a ALDO é reconhecida pelas grandes fabricantes internacionais. A empresa está plenamente consciente de que trabalha com materiais cujo descarte deve ser feito corretamente e de maneira especializada. Do contrário permitiria que tais produtos representassem risco ao meio ambiente.

Programa de reciclagem da Aldo

O programa ALDO Crazy Recicla ajuda empresas do setor de eletrônicos a destinar corretamente os resíduos sólidos eletroeletrônicos. Dessa forma, as revendas encaminham topo tipo de lixo eletrônico para a ALDO, que se responsabiliza pela separação, transporte e destinação final desses resíduos.

De acordo com a filosofia da Aldo, não se trata apenas de uma responsabilidade prevista em Lei. Esse tipo de conduta faz parte do jeito que a empresa trabalha e se posiciona junto à sociedade. Isso porque a Aldo sempre procurou conhecer bem os materiais e produtos com que trabalha.

Com essa postura, a empresa se mantém atualizada sobre o descarte irregular dos materiais que, no final de sua vida útil, pode ser perigoso. Em vista disso, assumir a responsabilidade pelo descarte correto é, para a Aldo, a maneira de construir seu trabalho e propósito. É uma coisa automática”, diz Aldo Pereira Teixeira, presidente e fundador da empresa.

Economia Circular de painéis fotovoltaicos

Sabemos que todo projeto inovador requer grandes esforços e cooperação mútua. Então, para tornar possível a reciclagem de painéis solares, a ALDO firmou uma parceria com a empresa curitibana Recicla E-Waste Company. Com isso, todo o material coletado segue para descaracterização (desmontagem e separação por material), para ser reinserido na indústria, como matéria prima.

No início das operações de venda de equipamentos, em 2016, a Aldo já incentivava a ampliação dos processos de captação, armazenamento e distribuição da energia solar. E, o ingresso no setor de energia solar acompanhou todos os valores da empresa, incluindo a responsabilidade do início ao fim do uso de materiais.

Hoje, a ALDO já está preparada para receber painéis solares quebrados e danificados, além de outros componentes de geradores de energia solar. Conta, ainda, com a parceria da Recicla E-Waste Company para providenciar a destinação correta, seja com reciclagem ou descarte responsável.

O estímulo para a reciclagem de painéis solares

A reciclagem de painéis solares, realizada pela ALDO, teve grande impulso a partir de julho de 2020. Na ocasião, a passagem do ciclone bomba em Rio do Sul – SC, danificou sete galpões da Stolf Utilidades Domésticas. Durante a tempestade, a rede de painéis solares, que fornecia quase toda a energia à empresa, foi parcialmente destruída.

O sistema de geração solar foi projetado pela revenda parceira da ALDO, Instalmann Solar e está operando desde o final de 2019. A passagem do ciclone, afetou grande parte dos 2.000 painéis solares instalados nos galpões da empresa e deixou apenas 869 intactos. Além disso, a companhia só conseguiu reaver parte do prejuízo por meio do contrato de seguro.

Reciclagem de painéis solares

Dessa forma, para reforçar seu compromisso com a sustentabilidade, a ALDO se encarregou de destinar os painéis solares danificados à Recicla E-Waste Company. A empresa, então, se encarregou de descaracterizar os equipamentos. Se incumbiu, também, de reinserir os resíduos dos painéis solares em forma de matéria prima ou para reuso.

Nosso estilo de vida precisa mudar urgentemente, e isso começa com a maneira de consumir. Já é mais que óbvia a constatação de que tudo pode ser reaproveitado de alguma forma. O lixo não existe de fato, se percebermos que tudo pode ser transformado em energia, além de outros produtos para consumo.

Olhando por esse aspecto, verificamos que a economia circular já está no DNA da Aldo, por meio da Aldo Crazy Recicla, há bastante tempo. Essas ações podem compor o seu DNA também, basta aderir à causa e fazer parte do nosso propósito. Então, adote a mesma postura quanto à reciclagem e integre o movimento de economia circular de painéis fotovoltaicos quando for oportuno.

Gostou dessa ideia? Aprofunde-se, conheça mais sobre o assunto e as soluções oferecidas pela ALDO, navegando em outros artigos do nosso blog.

Compartilhe:
0 comentários

Notícias relacionadas