Início » Solar Talks adiado em apoio ao movimento em prol do Marco Legal da GD

Solar Talks adiado em apoio ao movimento em prol do Marco Legal da GD

por Alessandra Neris
Tempo de leitura: 2 Minutos

A Aldo Solar, junto com diversos parceiros do mercado fotovoltaico, fariam amanhã, dia 08 de junho, o Solar Talks 2021. Seria um webinar para tratar do tema “Riqueza Energética para todos os Brasileiros”, uma transformação que alia a energia do sol à tecnologia. Entretanto, decidimos reagendar o evento para uma outra data. Isso porque a Aldo Solar está extremamente empenhada em apoiar o movimento em prol do Marco Legal da GD, PL5829.

Data do evento: dia 08/06

O movimento voluntário de todo o setor de geração distribuída acontece amanhã, dia 08/06 às 9 horas, na Esplanada dos Ministérios. Com isso, a mobilização pretende pressionar o Congresso em prol da energia solar no Brasil em nome dos inúmeros benefícios que o setor fotovoltaico traz ao país.

E a Aldo Solar está empenhada em todas as frentes, incluindo representantes da empresa presentes no ato, seguindo todos os protocolos sanitários e de segurança.

Movimento em prol do Marco legal de GD

Destacamos que toda terça-feira, a PL5829, que visa criar um Marco legal para GD, entra em pauta, mas acaba não sendo votada. Porém, todos os brasileiros precisam da aprovação dessa lei. Não só para gerar mais energia em um ano de seca com risco de racionamento. Mas também para garantir os empregos criados e aumentá-los, agora mais do que nunca.

Já está mais que na hora de batalharmos pela criação do marco legal da geração distribuída no Brasil. Como todos sabemos, esse é o melhor caminho para fugir do retrocesso em relação à energia solar e demais fontes renováveis disponíveis para a GD. Por isso, é extremamente importante que os revendedores abracem a causa e juntem-se à mobilização para a criação do Marco Legal da Geração Distribuída!

Por que a PL 5829/2019 deve ser aprovada?

  • Ela traz segurança jurídica para consumidores e pequenas e médias empresas. Além disso, protege o direito dos consumidores pioneiros e garante os contratos de longo prazo já assinados;
  • Promove geração de empregos, investimentos e arrecadação até o final de 2050. Com isso, serão mais de 1 milhão de empregos e mais de R$ 139 bilhões em investimentos;
  • Significa economia para todos os consumidores. Assim, evitará a despesa de mais de R$ 173 bilhões até 2050, que hoje são descontados na conta de todos. Então, mais solar quer dizer menos acionamento das termelétricas caras, poluentes e responsáveis pela terrível bandeira vermelha da conta de luz;

 Movimento em prol do Marco legal de GD

Essa mobilização demonstra a preocupação do setor fotovoltaico com a situação que ora se apresenta.

Por isso, pedimos que nossas revendas e parceiros também façam parte desse movimento em prol do Marco legal de GD. O objetivo é mitigar os riscos, não só para as diversas empresas do setor, mas também para fortalecer a energia solar. Afinal, essa é uma fonte renovável, gratuita, que gera empregos, movimenta a economia e contribui para o futuro do nosso planeta.

BRASIL, DEIXE A SOLAR CRESCER!

Engaje-se nessa ideia você também! Saiba mais sobre as diferenças entre minigeração e microgeração distribuída!

Compartilhe:
0 comentários

Notícias relacionadas