Início » Inovação viabiliza vacina e impulsiona a energia solar

Inovação viabiliza vacina e impulsiona a energia solar

por Alessandra Neris

Por mais que a gente tente desviar, o assunto de 2020 e parte de 2021, ao menos até agora, é a pandemia. E um dos subtemas que mais chamaram a atenção foi a corrida, desde o ano passado, pelo desenvolvimento de uma vacina contra a Covid-19. Nunca havia sido desenvolvida uma vacina com menos de quatro anos de estudos em laboratório e testes de campo. Em média este processo dura dez anos. Isso nos faz entender que a inovação viabiliza vacina em tempo recorde a exemplo de outros campos, como o da energia solar.

As vacinas contra a Covid-19 já contam com um volume considerável de aplicações em outros países e que agora chegam ao Brasil. Elas foram e continuam sendo desenvolvidas durante a pandemia há cerca de 12 meses para cá.

inovação impulsiona vacinaInovação viabiliza vacina

Já existia o conhecimento sobre o Coronavírus e as infecções que ele provoca, ou seja, a síndrome respiratória aguda grave, desde 2003. O Sars-Cov2, que provoca a Covid-19, surgiu com força total no final de 2019, na China. E se espalhou muito rapidamente por todo o mundo, acometendo milhões de pessoas e causando um número absurdo de mortes.

O mundo vem tentando aprender com o que talvez seja a maior crise sanitária da história. Seus reflexos atingem a produção e a economia com uma força nunca vista. Mas, se tentarmos aprender, alguma coisa vai ficar.

Um exemplo para todos

Uma lição que todos os setores podem absorver é que o compartilhamento de informações pode ser determinante para o sucesso da empreitada. É o exemplo do que ocorreu entre os diversos países que se apressaram para desenvolver um imunizante. Investimentos maciços entram nessa equação, sem os quais não seria possível o desenvolvimento.

A necessidade, o conhecimento e os esforços levaram ao sucesso na criação da vacina, provavelmente o maior “case” de inovação no biênio 20/21.

Investimento em inovação

E quando se fala em inovação, o setor de energia solar ganha destaque. Com o desenvolvimento de novas soluções e preços mais acessíveis, o setor mostra um interesse crescente de adesão à energia solar. Assim, as linhas de financiamento e a adesão de um maior número de pessoas, diminuem os custos em escala e permitem o avanço do setor.

A prova disso é que a partir de 2012, a energia solar teve seu preço reduzido em 80%. Além disso, o megawatt-hora passou de US$ 100 para cerca de US$ 20. Destacamos que, em 2012, foi quando a energia solar despontou comercialmente no Brasil, até os dias de hoje.

Destaque para o Brasil

O Brasil vem se destacando na corrida pela energia solar, a mais limpa e barata. Dessa forma, em 2020, a capacidade instalada saltou de 4,6 para 7,5 gigawatts, com ênfase para o aumento de sistemas considerados de escala pequena. São aqueles instalados em telhados, fachadas de edifícios e pequenos terrenos, a chamada geração distribuída, com aumento de 2,2 gigawatts. Então, estima-se que o número chegue a 12,6 GW neste ano.

Em termos de investimento, cerca de 80% dos R$ 13 bilhões saíram de projetos de geração distribuída. A projeção para 2021 é que a autogeração atraia mais R$ 17,2 bilhões. Esse número é equivalente a 76% dos R$ 22,6 bilhões estimados para todo o setor pela ABSOLAR – Associação Brasileira de energia Solar.

Para um mundo mais confortável

Pode até parecer injusta a comparação do desenvolvimento da vacina que salva vidas com o aprimoramento do setor de energia solar. No entanto, ambos são alimentados com inovação. Este parece ser o combustível para que a humanidade possa sobreviver em um mundo mais confortável em todos os sentidos. E assim, da mesma forma que a inovação viabiliza vacina em tempo recorde, a energia solar também avança rapidamente.

Por fim, um dia a energia solar deixará de ser vista apenas como uma solução ecológica e passará a ser vista, em massa, como solução econômica. Então, o setor, por meio da inovação, será capaz de desenvolver maneiras de tornar o conceito e a prática mais acessíveis. E, assim, trocando informações e direcionando investimentos corretamente, se desenvolverá como um todo.

Gostou?

Então, aproveite e conheça toda a oferta de soluções fotovoltaicas disponíveis na Aldo Solar. Também continue suas buscas por mais informações sobre esse universo inovador e entenda mais sobre como armazenar energia solar!

Texto originalmente publicado pelo Canal Solar

Compartilhe:
0 comentários

Notícias relacionadas

Deixe um comentário