Início » Aldo Solar fornece infraestrutura de suporte no combate à pandemia

Aldo Solar fornece infraestrutura de suporte no combate à pandemia

por Alessandra Neris

O país está passando por um dos piores momentos da pandemia em virtude da Covid-19. Os números são alarmantes, com recordes diários de óbitos e UTIs lotadas em todo o país. Nesse cenário, a Aldo Solar fornece infraestrutura de suporte no combate à pandemia. E a oferta é dirigida especialmente para os serviços essenciais voltados à saúde, para que as instituições funcionem sem interrupções.

Infraestrutura para o combate à pandemia

Alguns dos serviços prestados pela Aldo Solar são voltados à oferta de infraestrutura de suporte para o combate à pandemia. Trata-se de equipamentos essenciais para o setor de saúde.

Alguns exemplos passam pela geração de energia, serviços relacionados à tecnologia da informação, conectividade e internet. Além disso, dispõe de equipamentos complexos e baterias que funcionam como super nobreak. Esses últimos são voltados para aparelhos de emergência e sobrevivência, além de operarem com o transporte de cargas e produtos.

A Aldo Solar tomou medidas que visam proteger colaboradores e clientes em relação ao vírus. Além disso, assumiu o compromisso de fazer parte das empresas que apoiam as ações de combate à doença.

Geradores de energia para aparelhos de emergência e sobrevivência

Um dos exemplos são os geradores de energia solar capazes de garantir o abastecimento de aparelhos essenciais como respiradores, ventiladores e iluminação. Esses funcionam como um gerador de energia emergencial, principalmente em hospitais de campanha ou em localidades sem rede. E nesse momento, a Aldo ofereceu os equipamentos a preço de custo, sem qualquer lucro, para participar da luta contra a Covid-19.

Falta de energia nas UTIs e mortes

Em maio de 2020, dois pacientes com Covid-19 morreram em um hospital no Rio de Janeiro por falta de luz. Os pacientes estavam na UTI e faziam uso de respiradores mecânicos. Os aparelhos pararam de funcionar devido à falta de energia, provocando paradas respiratórias. Isso porque o gerador a diesel demorou muito para funcionar durante a queda de energia.

O mesmo aconteceu em uma UTI no Acre, com mais de 20 pacientes de Covid-19. Devido à falta de energia no hospital, a equipe médica teve que manter alguns pacientes em ventilação mecânica e uma pessoa morreu.

Vacinas contra a Covid-19 são descartadas por falta de luz

Outro exemplo vem de São Paulo. 133 doses da vacina foram descartadas por falta de energia no ambulatório Dr. Alexandre Kalil Yasbeck no Planalto Paulista, Zona Sul da capital paulista. O lote perdido continha 82 doses da Coronavac e 30 doses da vacina da AstraZeneca/Oxford.

O mesmo aconteceu em de Rio Bananal, no norte do Espírito Santo, onde outras 133 doses da vacina Coronavac foram perdidas por queda na energia. A Coronavac deve ser mantida entre 2°C e 8°C.

Clientes Aldo no setor de saúde

Hoje mais de 338 estabelecimentos considerados essenciais utilizam as soluções da Aldo. São hospitais, clínicas, laboratórios de imagem, veterinários, dentistas e farmácias, entre muitas outras instituições médicas. Somente relacionados à geração de energia, são 285. As demais instituições possuem soluções essenciais relacionadas à tecnologia.

Luz no posto médico da aldeia indígena dos Avá-Canoeiros

A Aldo Solar leva energia do sol até onde não chega luz elétrica das concessionárias. A aldeia indígena da etnia Avá-Canoeiro está a 24 Km do último traço de asfalto e nas imediações do município de Minaçu, em Goiás. Lá, os geradores de energia solar OFF Grid, disponibilizados pela Aldo, levaram luz solar a essa comunidade indígena.

Assim, a UBS (Unidade Básica de Saúde) foi equipada com uma usina solar para atendimento de 10 indígenas remanescentes desse grupo étnico. Isso porque os sucessivos massacres dos primeiros colonizadores do Brasil Central dizimaram a maior parte dessa população. Dessa forma, foi possível levar energia limpa e sustentável e contribuir para a saúde e perpetuação de um povo tão guerreiro!

Santa Casa de Maringá e o projeto de energia solar

Fundada na década de 50, a Santa Casa de Maringá atende a comunidade em parceira com os gestores públicos nas esferas Federal, Estadual e Municipal. Assim, dispõe de mais de 60% dos leitos para pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS).

Vislumbrando um projeto de eficiência energética, o hospital também conta com uma usina solar para a geração de aproximadamente 54.000 kw/h mês, em média. Dessa forma, foram instalados 1500 painéis solares de 335W, além de 4 inversores de 100Kw da ABB. A Aldo forneceu todos os equipamentos em prol da saúde no município.

Infraestrutura para o combate à pandemia: serviços de continuidade

Passamos por um momento em que a entrega de todos é muito importante. É fundamental para diminuir a proliferação do vírus e para prestar serviços de continuidade às instituições que trabalham na linha de frente na área da saúde. “Queremos continuar trabalhando para facilitar o acesso a sistemas que garantam o funcionamento de um respirador, por exemplo. Isso é essencial para que possam manter a vida de pessoas internadas”, explica Aldo Pereira Teixeira, CEO e presidente da Aldo.

O executivo conclui, ainda: “continuaremos com nossa atividade de forma ininterrupta, seguindo todos os protocolos e orientações dos órgãos sanitários e de saúde. Essa é uma forma de colaborar com o esforço das intuições de saúde no enfrentamento da pandemia do coronavírus”.

Doação de 500 mil máscaras para proteção do setor solar

Assim, vale lembrar que em 2020 a Aldo realizou uma campanha com doação de mais de 500.000 máscaras. O equipamento foi destinado aos revendedores de energia solar e TI de todo Brasil. Desta froma, a Aldo buscou ajudar na prevenção e no fortalecimento do setor de energia solar no país. Além disso, contribuiu como suporte no combate à pandemia.

Por fim, aproveite que você está aqui com a gente e saiba também o que a NVIDIA está fazendo para ajudar a combater o novo coronavírus!

Geradores Aldo Solar

Compartilhe:
0 comentários

Notícias relacionadas